Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa
Bem-vindo!
Junta-te a nós ou faz o teu login!



 
InícioPortalFAQRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Nick entrevistado para a revista gay The Advocate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Qui Jan 19, 2012 6:25 pm


Entrevista do Nick para a Advocate:


- Tu és a celebridade mais jovem que eu já entrevistei e provavelmente o mais inteligente por isso vou "ser duro contigo" para ver se respondes às minhas perguntas.
Nick: A sério? Parece-me bem.

- As raparigas são doidas pelos Jonas Brothers mas vocês também têm noção que têm fãs do sexo masculino, sendo uma boa parte desses, homossexuais. Sabem disso, certo?
Nick: Sim, nós temos consciência disso e adorámos os nossos fãs. Foi fixe quando nos apercebemos que havia pessoas gays na audiência porque acho que quanto mais a audiência crescer, maior impacto podemos causar em cada pessoa. Os fãs [gays] têm sido incríveis ao longo dos anos e tanto eu como os meus irmãos gostaríamos de os conhecer. Reparámos que eles realmente respondem ao nosso estilo e é muito fixe constatar a nossa influência na maneira de vestir dessas pessoas. Também já recebemos muito bons presentes nos M&G, como cachecóis, chapéus, entre outras coisas. Têm bom gosto.

- Houve alguma pessoa homossexual que vos ajudasse a parecer tão elegante e vos desse essa força [ainda sobre o modo de vestir].
Nick: Sim, definitivamente. Trabalhámos com algumas dessas pessoas, que fazem parte da nossa equipa. São pessoas incríveis.

- Tens amigos homossexuais?

Nick: Obviamente, ao fazer parte de vários teatros musicais conheci muitas pessoas homossexuais ao longo dos anos. Ao re-entrar em espetaculos com o Les Miserábles em Londres em 2010, toda a gente me ajudou, incluindo os meus colegas que têm essa orientação sexual. Ainda mantemos contacto e é óptimo quando nos voltamos a ver, podemos conversar e ir comer qualquer coisa, para descontrair e dar umas boas gargalhadas.


- Periz Hilton também é um bom amigo?
Nick: Sim, claro. Tem sido um grande apoiante dos Jonas Brothers e de mim em particular quando voltei ao teatro. Adorei o facto de ele ter ido ver o Hairspray e também sei que vai assistir ao How to Succed no final deste mês. Tenho sorte por ter um bom amigo como ele.

- Fizeste amizades com colegas homossexuais quando te estreaste na Broadway no Annie Get Your Gun com 8 anos de idade?

Nick: Sim, essa deve ter sido a primeira vez que estive com pessoas homossexuais. Eles eram todos "normais" e foi optimo ter ali pessoas que gostavam tanto de música e teatro como eu.

- Alguém teve contigo a típica conversa a dizer que há rapazes que gostam de rapazes e raparigas que gostam de raparigas?
Nick:Não, nem acho que fosse preciso ter tal conversa. Eu tinha consciência disso e sabia o que significava. Estava tudo bem, não me confundiu quando percebi que havia pessoas assim porque para mim, amor é amor. Fui criado numa casa em que se aceita essas coisas, onde o importante é mesmo o amor.

- Ainda assim, era uma casa de Cristãos Evangélicos e o teu pai era pastor.
Nick: Todos nós acreditamos que o importante é amar e ser amado e devemos tratar o outro como igual. Essa educação ajudou-me a perceber que as pessoas tomam decisões próprias na vida e isso não tem mal nenhum. No final do dia, somos todos iguais porque todos queremos ser amados e é assim que deve ser.

- Quando foi postada uma foto tua em blogs a abraçar o pastor de Saddleback, Rick Warren em 2010, alguns leitores pensaram que partilhavas a visão dele, anti-gay e eras contra o casamento homossexual.
Nick: Os meus amigos são os meus amigos mas eu não tenho necessariamente de aprovar e concordar com tudo o que eles dizem ou pensam. Nós não partilhamos esse ponto de vista. A minha visão quanto ao casamento homossexual é que toda a gente tem o direito de ter alguém que o ame e de amar alguém, é assim que eu penso.

- Há, ou houve uma imagem muito conservadora à volta dos Jonas Brothers. Os média focaram-se muito nos vossos anéis de pureza, por exemplo. Achas que vocês se distanciaram dessa imagem à medida que cresceram?
Nick: Não acho que nos tenhamos separado do que éramos, mas os meus irmãos e eu desenvolvemo-nos muito nos últimos anos. Crescemos muito, agora já somos adultos e definimo-nos como pessoas. É importante para saberem que temos os nossos valores morais e a noção de certo e errado, sempre fomos educados assim. Simplesmente crescemos, temos mais responsabilidades. Acho que ainda temos todos uma boa imagem, todavia, cada um fez as suas próprias escolhas que nos definem como pessoas. Eu estou confortável como a minha pessoa.

- Membros de uma banda ou outros famosos que sejam gays raramente se assumem como tal. Se um Jonas Brother se assumisse dessa forma, que impacto pensas que isso ia ter na vossa carreira?
Nick: Uma coisa incrível de todos os nossos fãs é o apoio incondicional que nos dão em tudo aquilo que fazemos ou dizemos, mas temos de separar-nos dessa situação porque nenhum de nós é gay. Se houver alguém que esteja na nossa posição, esperaria que o apoio permanecesse e que as fãs o adorassem tal como ele é.

- Daniel Radcliffe e Criss participaram anteriormente no How to Suceed e ambos se juntaram a projectos como "Trevor Project" e "It Gets Better campaign". Gostarias de estar envolvido também nessas causas?
Nick: Absolutamente. Quando me juntar à companhia desse espetaculo espero sinceramente apoiar essas causas e até outras. Quero inspirar pessoas jovens, como diabetes ou não, vitimas de bullying ou que estão a passar por um mau bocado. Viver com diabetes pode ser duro por vezes mas eu gosto de ajudar e inspirar outros.

- Que palavras tens para victimas de bullying por motivos de orientação sexual?
Nick: Acredita que há pessoas que querem o teu bem e que te podem dar o apoio que precisas. Denuncia a situação a uma autoridade, até na escola. Detesto ver situações de bullying, é inaceitavel, especialmente com adolescentes homossexuais. Toda a gente precisa de abrir os olhos para este problema e ajudar da maneira que puder. OUvi muitas histórias de pessoas com essa orientação sexual falar de uma das minhas canções “Who I Am,”, que as inspirou e ajudou. Escrevi essa canção num momento em que me aperecbi do quanto estava a crescer como pessoa, como adulto, e deixa-me feliz saber que as pessoas se ligaram à musica tao fortemente e que tal os ajudou a serem eles proprios e aceitarem-se assim.

- Foste educado em casa por isso será que te podes relacionar com esses adolescentes?
Nick: Fui à escola até aso 10 ou 11 anos e os meus colegas não compreendiam muito bem a minha vida no teatro musical. Por vezes sentia-me um bocado de fora e isso era muito frustrante para mim, não conseguia ligar-me aos meus colegas. Precisava de me dar com as pessoas e encontrei esse conforto nos colegas dos musicais.

- Também há por aí muitos Anti-Jonas. Como lidas com essa negatividade?
Nick: Primeiro que tudo, não uso a palavra "Fags" como já vi por aí e incomoda-me um pouco isso, mas a negatividade sinceramente não me afecta. Ter haters faz parte de tudo e eu acho que quanto mais haters se tem, mais bons fãs também se tem. Vejo sempre o lado positivo.Por vezes o que dizem é tão ridiculo que dá vontade de rir. Há que manter a cabeça à tona e continuar.

- Até uma grande estrela como Hugh Jackman foi provocado por fazer Teatro Musical no Saturday Night Live.
Nick: Exactamente. Ele é uma estrela e eu sei que ele simplesmente levantou a cabeça e continuou com o optimo trabalho. Algumas pessoas não compreendem que o Teatro faz parte da cultura de um povo, do mundo, é como o território de um pais.

- O que me podes dizer do facto de ires fazer parte do NBC’s Smash?
Estou muito empolgado por isso. Interpreto uma personagem chamada Lyle West, uma ex-estrela da Broadway que se torna num homem de sucesso e ganha muito dinheiro como homem de negócios.

- É uma comédia?
Sim e participam pessoas muito talentosas. A personagem representada por Angelica Huston’s tenta sempre que a minha personagem invista dinheiro num espetaculo dela. As nossas cenas juntos são muito engraçadas e ela é obviamente uma lenda do Teatro. Todo o cast é incrivel e vou ter a oportunidade de fazer uma cover do Michael Bublé, mal posso esperar para todos ouvirem.

- Daniel Radcliffe participou no Eqqus também na Broadway, no qual aparecia nú. Se fosses convidado, substitui-lo-ias nesse papel?
Nick: [risos]. Eu adoro teatro e percebo perfeitamente a diferença entre personagem e actor. Não sei se era algo que eu faria mas ia decididamente considerar a hipotese. Temos de manter o espirito aberto.


Fonte: OceanUp
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Jéssica
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2852
Idade : 22
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Nick's bedroom.
Jonas Brothers Preferido : nicky, the president.
Data de inscrição : 22/04/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Qui Jan 19, 2012 8:38 pm

Citação :
amor é amor. Fui criado numa casa em que se aceita essas coisas, onde o importante é mesmo o amor.
não tenho mais nada a acrescentar, sem ser que esta entrevista foi uma das que eu mais gostei de ler.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Qui Jan 19, 2012 10:35 pm

Aww, Nick.... *.*
Realmente o moço tenha razão, talvez ele tenha sido o mais novo que entrevistou, mas as respostas foram realmente boas!
Gostei muito desta entrevista em geral.
Adorei quando falou de amor, realmente toda a gente tem o direito de amar e ser amada.
E gostei da ultima pergunta! E da resposta também... Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Nº1 Jonas
poison ivy
poison ivy


Feminino Número de Mensagens : 365
Idade : 18
Localização : Alcochete mas nos meus sonhos nova iorque ou los angeles
Emprego/lazer : Ver as noticias dos meu amores :)
Jonas Brothers Preferido : Sao todos obvio mas o joe é special 1!!!
Data de inscrição : 23/03/2011

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Qui Jan 19, 2012 10:51 pm

Amei ele é mesmo incrivel, as respostas são fantásticas! Já está tão crescidinho o meu menino! toda a gente tem o direito de amar e ser amada: Epá palavras para que?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Coutinho
summer rain
summer rain


Feminino Número de Mensagens : 4047
Idade : 24
Localização : Earth
Emprego/lazer : Dreamer
Jonas Brothers Preferido : Nicholas
Data de inscrição : 20/04/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Sex Jan 20, 2012 1:14 pm

Jéssica escreveu:
Citação :
amor é amor. Fui criado numa casa em que se aceita essas coisas, onde o importante é mesmo o amor.
não tenho mais nada a acrescentar, sem ser que esta entrevista foi uma das que eu mais gostei de ler.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moniqita
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1042
Idade : 24
Localização : Where dreams are made of
Emprego/lazer : L.A. Baby
Jonas Brothers Preferido : Mr. President
Data de inscrição : 14/06/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Sab Jan 21, 2012 3:23 pm

Oh god, ele está tão crescido :')
E vai fazer um cover do Michael Bublé, é desta que morro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/im_moniqita
Barbara Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1472
Idade : 22
Localização : In my dreams is Los Angeles ..
Emprego/lazer : Estudante, Escritora, Compositora, Guitarrista, Cantora .. ah e claro, Cupido nas horas vagas :D
Jonas Brothers Preferido : O único .. Nicholas Jonas ..
Data de inscrição : 03/10/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Seg Jan 23, 2012 1:51 am

Jéssica escreveu:
Citação :
amor é amor. Fui criado numa casa em que se aceita essas coisas, onde o importante é mesmo o amor.
não tenho mais nada a acrescentar, sem ser que esta entrevista foi uma das que eu mais gostei de ler.

Ora aí esta, tudo dito
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nicholasjpotter.tumblr.com/
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Seg Jan 23, 2012 4:57 pm

Moniqita escreveu:
Oh god, ele está tão crescido :')
E vai fazer um cover do Michael Bublé, é desta que morro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Nick entrevistado para a revista gay The Advocate   Hoje à(s) 3:05 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Nick entrevistado para a revista gay The Advocate
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mega Pôster Atrevida - Edição de Novembro
» [NU'EST] Entrevista do NU'EST para a revista malaia "Epop"
» Nova Revista - Baixo Brasil
» Revista online de Contrabaixo 100% gratuita
» Ina Fala Para Revista Popcorn!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa :: Jonas Brothers :: The Jonas Brothers :: Nick Jonas-
Ir para: