Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa
Bem-vindo!
Junta-te a nós ou faz o teu login!



 
InícioPortalFAQRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 When Love Speaks Louder - Segunda Parte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Qui Jan 13, 2011 12:54 am

Bem, escrevi isto há algum tempo. Está parvo, I know -.- mas pronto...É uma shot um bocado grande, mas lê-se bem, espero Smile Vai ter duas partes a segunda é um pouco perv, um pouco! Mas espero que gostem. Venham daí opiniões, boas ou más, venham elas bounce
Spoiler:
 

Primeira parte

Melanie estava sentada na sua cama. Olhou para o relógio que marcava 1:45 da manhã. Não se importou, não conseguia dormir, a festa que se ia realizar na noite do dia seguinte impedia que o sono viesse. Não estava assim por causa da festa em si, isso, ela sabia que ia ser uma seca. Uma festa, numa vivenda, com os amigos ricos e monótonos do pai, que não conseguiam manter uma conversa interessante com ninguém, não era algo que lhe interessasse. Ela estava assim porque ele ia lá estar. Ele, era Joseph Jonas, de uma família bastante rica, como a dela. O problema é que as duas famílias eram rivais. Competiam uma com a outra desde que ela se lembrava, já tinha havido mesmo lutas a sério por causa disso. Melanie perguntava-se como é que ainda não tinham havido mortes por causa dessa rivalidade estúpida.
Ela e Joseph conheciam-se dos tempos de escola. Não eram da mesma turma, mas eram do mesmo ano e encontravam-se sempre nos intervalos das aulas e foi assim que o amor entre eles foi crescendo. Começaram a namorar e quando disseram aos pais com quem namoravam os pais não se demoraram a muda-los de escola. Um em cada ponta da cidade. Isso não fez com que desistissem um do outro e continuavam a encontrar-se às escondidas. Isso durava até aos dias de hoje, passados 5 anos.
A festa ia ser realizada por um amigo de ambas as famílias e esperava-se que se mantivesse a calma durante toda a festa. O pai de Melanie dissera mesmo:
- Espero que aquela família de… Porcos, se mantenha longe da nossa. Para bem deles, e do Sam, que é um grande amigo e não merece que a festa seja estragada por causa deles.
Melanie tentou não ligar, como fazia sempre que o pai dizia mal da família de Joseph, que era praticamente todos os dias.
Abriu a gaveta da mesa-de-cabeceira e tirou de lá uma das muitas cartas que Joseph havia mandado pela melhor amiga dela. Começou a ler a carta, já sabia o que nela estava escrito, já a tinha lido tantas vezes que tinha perdido a conta. Mas não conseguiu evitar um sorriso ao ler de novo aquelas palavras. Quando estava tão concentrada na sua leitura abrem a porta do quarto, é a mãe. Melanie esconde imediatamente a carta.
- Melanie, porque ainda não estás a dormir? Já viste que horas são?
A mãe olhou para o relógio e entrou dentro do quarto, com um ar bastante cansado, mas cómico, o que provocou um sorriso em Melanie.
- Não tenho sono mãe…
- O que é que escondeste á pouco?
- Ah? Nada...
- Não me digas que não era nada porque não me enganas. Podes enganar o teu pai mas a mim não. – Fez uma pausa - Não me digas que é mais uma das cartas daquele rapaz…
Melanie baixou a cabeça como resposta. A mãe suspirou, com uma mão levantou-lhe a cabeça.
- Oh querida, tu sabes o que o teu pai acha disso, não sabes?
Melanie respondeu, já de lágrimas nos olhos:
- E tu mãe? O que achas disso?
A mãe desviou o olhar, mesmo com um ar cansado era bastante bonita, e os seus olhos azuis esverdeados eram profundos e por vezes impenetráveis. Os anos passavam por ela e mantinha sempre um ar jovem, ela sempre a admirara pela sua força, mas sempre detestara o modo como a mãe se comportava por causa do pai. Também ela achava que aquela guerra de famílias era completamente ridícula, mas nada podia dizer, tal como Melanie, mantinha-se calada e nada dizia sobre o assunto. A mãe desviou o assunto:
- Isso não importa Mel. Tu e esse rapaz estão a correr um grande risco ao fazer o que fazem. Ou achas que não te vejo sair e chegar a casa já de madrugada, sempre preocupada que o teu pai acorde e veja que não te encontras em casa.
- Mas mãe… - Protestou.
- Não, já chega. Tenta não correr tantos riscos querida, não vale a pena.
- Então o que estás a querer dizer é que o amor não vale a pena? – Melanie já estava a chorar, não aguentou as lágrimas – Para mim vale a pena correr esses riscos mãe, vale sempre a pena porque ele me faz sentir especial. Quando estou com ele nada mais importa, sinto-me protegida. E acima de tudo, ele ama-me, e eu a ele. Não é o mais importante?
O rosto da mãe suavizou um pouco. Naquele momento admirava a filha, admirava a coragem que tinha por se entregar a algo que parecia tão impossível. Gostava que tudo fosse diferente para que a filha pudesse namorar em paz, para que a filha fosse mais feliz. Suspirou e disse:
- Vá querida, vai dormir que amanhã temos um dia longo pela frente, e uma noite ainda mais longa.
Melanie deitou-se, ainda a chorar e a mãe aconchegou-a. Deu-lhe um beijo na testa e disse:
- Dorme bem querida.
A mãe deteve-se junto á porta. Tinha de dizer algo que tinha ficado por dizer. Aproximou-se da filha e limpou-lhe as lágrimas.
- Sabes que te apoio em tudo, não sabes Mel? Acredita que, enquanto esse rapaz te fizer feliz eu vou sempre estar do teu lado.
Melanie sorriu, era bom saber que a mãe estava do lado dela, não se sentia tão sozinha. Depois de mais um beijo a mãe saiu, finalmente, e Melanie adormeceu, com mais facilidade do que estava á espera...


Continua...

_________________


Última edição por Neiazitah em Sex Jan 14, 2011 12:56 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
TaniaOliveira
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1861
Idade : 21
Localização : Porto
Emprego/lazer : Jobros lover
Jonas Brothers Preferido : Kevin Jonas
Data de inscrição : 16/07/2009

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Qui Jan 13, 2011 1:02 am

Adoro adoro adoro, sabes bem o quanto gostei desta shot!
E quando a isso de ser pouco perv, HAHA, é isso e a Bieber ser um rapaz 8D
Quero é a segunda parte, vão adorar hãm (a)
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/TaniiaOliveira
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Qui Jan 13, 2011 1:17 am

Ora bem desculpa o comment de caca...

Epa tu sabes o que penso deste texto, acho que a historia é optima e que está tudo muito bem escrito ^_^
Consegues exprimir bem os sentimentos da Melanie, que acho que todas percebemos.. quando se está longe do alguém que se ama verdadeiramente Smile

E sim, concordo com a Tania, venha o proximo, a ST vai gostar Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Sá :D
keep it real
keep it real


Feminino Número de Mensagens : 872
Idade : 23
Localização : Nick's head *O*
Emprego/lazer : andar pela chuva com o Nick
Jonas Brothers Preferido : Aquele que tem os caracóis lindos; aquele que tem um olhar hipnotizante; aquele que tem um sorriso que mata qualquer uma; aquele que tem um maneira querida de ser; aquele cujo sorriso é simplesmente contagiante, o Mr. President Nicholas Jonas <3
Data de inscrição : 22/03/2010

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Qui Jan 13, 2011 1:40 am

OWNNNN *O*
Adoro este tipo de histórias com amores impossíveis *O*
Está mesmo lindo, mesmo mesmo....
Quero ler a próxima parte, por favor T.T

Citação :
Sabes, era lindo se esta one-shot fosse uma fic, ficava maior *O*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Sex Jan 14, 2011 12:55 am

Bem, aqui fica a segunda parte, a parte mais...coise...espero que gostem Smile

Segunda Parte

O dia seguinte foi passado com muita ansiedade, por toda a família, mas principalmente por Melanie. Não conseguia controlar os nervos. Há muito que não estava com Joseph e só o facto de estar no mesmo espaço com ele lhe causava arrepios no corpo todo. Vestiu o melhor vestido que encontrou, deixou o cabelo solto, o que lhe dava um ar selvagem e pintou os olhos que eram parecidos com os da mãe, mas em tons mais esverdeados do que azuis. Chegados á festa o pai começou a desdenhar deste e daquele, nada estava bem. Aquele não devia estar aqui porque fez isto, o outro não devia ter aparecido porque tinha feito não sei o quê. E eram motivos que Melanie não conseguia compreender porque parecia tudo tão ridículo. Foi então que o viu. Estava ao fundo da sala, a conversar, mas reparou nela e parecia ter deixado de dar atenção á pessoa com quem estava a conversar. Aconteceu uma breve troca de olhares e um ligeiro sorriso de ambas as partes. Até que o pai interrompeu aquele momento silencioso mas cheio de significado, a agarrou e disse:
- Pare de olhar para essa amostra de gente, não é digno de uma filha minha.
Ela tirou o braço da mão forte do pai e respondeu:
- Pois pai, ultimamente parece que nada é digno para você. Deixe-me em paz, está bem?
Pareceu não ligar ao que Melanie tinha dito e continuou, como se aquilo fosse muito normal.
- Venha conhecer o filho de um amigo meu, esse sim é um homem a sério!
Agarrou na mão da filha e arrastou-a pelo enorme salão até ao local onde estava um grupo de homens a rir, muito animados. Apresentou o tal rapaz á filha e deixou-os aos dois, sozinhos. Analisaram-se durante um momento. Era um rapaz bem-parecido, não o podia negar, mas nada que lhe agradasse, sentiu logo que não fazia o género dela. Parecia daqueles filhos que fazem tudo para agradar aos papás e não se importam com a própria felicidade, isso não era o que Melanie queria para ela. Amava Joseph e nada mais importava. Mantiveram uma conversa educada, mas muito vaga. O telemóvel de Melanie começou a tocar, era o toque de mensagem. Foi á carteira e leu a mensagem. Era de Joseph, a dizer que fosse ao jardim dali a 5 minutos e ele logo lhe seguiria. “Mas como vou sair daqui sem que ninguém repare?” pensou. Olhou para o copo que tinha na mão. Era de Coca-Cola, não quis beber nenhuma bebida alcoólica naquela noite. Olhou para o vestido, de novo para o copo. Quando viu que ninguém estava a olhar entornou a bebida pelo vestido abaixo e fingiu um pequeno grito. Edward, era assim que o rapaz se chamava, perguntou se estava tudo bem, olhando logo para o vestido e exclamando:
- Oh!
- Pois, acho que é melhor ir á casa de banho ver se resolvo isto – Sorriu.
Desculpou-se e começou a encaminhar-se para a saída. Alguém lhe agarrou o braço.
- Onde vais Mel?
- Mãe! – Assustou-se – Vou só á casa de banho, sujei o vestido.
- Pois querida, mas a casa de banho é para o outro lado. Diz a verdade, por favor.
Melanie não respondeu. Olhou para a mãe com um olhar que dizia tudo.
- Oh querida…
- Mãe, por favor – Interrompeu – Não me digas o que está certo ou errado. Eu preciso disto, preciso de ir, por favor, deixa-me ir.
A voz de Melanie tinha uma ponta de desespero. A mãe analisou-a, largou o braço dela e disse:
- Vai, mas por favor, não te demores ou o teu pai vai á tua procura e aí não te posso ajudar querida!
Melanie sorriu, sabia que podia contar com a ajuda da mãe. Foi então para o jardim e aguardou, ansiosa. Não esperou muito para sentir alguém agarrá-la por trás e dizer:
- Tive tantas saudades tuas que não imaginas.
Ela sorriu.
- Ai sim? As poucas mensagens que recebi no telemóvel disseram-me o contrário.
Virou-a para ele e passou-lhe uma mão na cara muito suavemente.
- Tu sabes que não posso mandar tantas mensagens como gostaria. Não duvides de mim.
Beijou-a apaixonadamente. Já sentia a falta dos beijos dela. Ela respondeu com uma ansiedade que não estava á espera. Sem ela contar ele encostou-a á parede com força, agarrou-lhe as mãos que encostou também á parede e beijou-lhe o pescoço.
- Joe, o que estás a fazer? – Perguntou ela com dificuldade.
- Vais dizer que não gostas? Eu sei que gostas.
Voltou a beijar-lhe o pescoço e largou uma das mãos dela para lhe passar a mão pela coxa. Ela estava a ficar fora de si e não queria que aquilo acontecesse, eles tinham de se despachar antes que alguém desse pela falta deles.
- Não quer dizer que não goste Joe, mas não podemos fazer isto aqui. E se aparece alguém?
- Não aparece ninguém. – Fez uma pausa para a beijar - Sinto muito a tua falta.
Passou-lhe uma mão na parte interior da coxa passando de seguida para o meio das pernas. Melanie gemeu baixinho. Não lhe resistia e começava a sentir que queria mais. Queria que ele lhe desse mais, também sentia a falta dele, sentia desejo por ele, mais do que nunca. Libertou a mão que ele mantinha presa e encostou-o mais a si enquanto o beijava. Já com a respiração incontrolável ele virou-a de costas, subiu-lhe o vestido enquanto desapertava as calças e penetrou-a desesperadamente. Investindo com força agarrou no cabelo dela, sem puxar demais, puxou-a para si e beijou-a. Depois de uns momentos assim em que o prazer era tanto que nada mais importava. Melanie estava noutro mundo, sentia-se desejada e desejava de uma forma tão intensa que tudo o resto lhe parecia demasiado pequeno. Virou-a para si, ergueu-lhe uma perna e voltou a penetrá-la, desta vez com mais calma. Entre gemidos e beijos ele disse:
- Não imaginas como te desejo!
- Hum… Acho que consigo imaginar! – Respondeu com dificuldade, abrindo-lhe a camisa e passando as mãos pelo peito dele.
Já sem aguentar muito mais ele mordeu-lhe suavemente a orelha e beijou-lhe o peito cheio de desejo. Melanie gemeu um pouco mais alto e atingiu o orgasmo com tal intensidade que um arrepio lhe percorreu todo o corpo passando a mão pelo cabelo de Joe e puxando-o suavemente. Ele aumentou um pouco mais o ritmo e atingiu o orgasmo mordendo o lábio a Melanie. Ela não se queixou, aquilo deixava-a louca de desejo! Depois de um último beijo arranjaram-se um pouco á pressa. Deram um abraço.
- Amo-te! – Disse ela já cheia de saudades.
- Também te amo! E acredita que um dia vamos superar tudo isto! Prometo.
Ela sorriu e juntou-se á mãe, com dificuldade e ansiando pelo próximo encontro, que esperava ser muito em breve.



_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
TaniaOliveira
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1861
Idade : 21
Localização : Porto
Emprego/lazer : Jobros lover
Jonas Brothers Preferido : Kevin Jonas
Data de inscrição : 16/07/2009

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Sex Jan 14, 2011 2:08 am

ohmy, isto de ler 2 pervs seguidos é que não dá com nada!
Mas sabes bem o que penso desta shot, meu deus, está muiiiiiiiiiito boa!
Devias postar a outra também (a)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/TaniiaOliveira
Sá :D
keep it real
keep it real


Feminino Número de Mensagens : 872
Idade : 23
Localização : Nick's head *O*
Emprego/lazer : andar pela chuva com o Nick
Jonas Brothers Preferido : Aquele que tem os caracóis lindos; aquele que tem um olhar hipnotizante; aquele que tem um sorriso que mata qualquer uma; aquele que tem um maneira querida de ser; aquele cujo sorriso é simplesmente contagiante, o Mr. President Nicholas Jonas <3
Data de inscrição : 22/03/2010

MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Sex Jan 14, 2011 2:23 am

AHHHHHHHHHHH *O*
Adorei, mesmo... Very Happy
Queria era ver se eles fossem apanhados xD
Só é pena ficarmos sem saber o que acontece a partir de agora... T.T
E que outra é que a Tânia está a falar? Eu não sei, mas espero que a postes (A)

Adorei mesmo *O*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: When Love Speaks Louder - Segunda Parte   Hoje à(s) 6:47 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
When Love Speaks Louder - Segunda Parte
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Love.Might.Kill
» Onde y cuanto, cabinete segunda mao no Salvador de Bahia!
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» Eric Clapton - Bad Love Bass
» M.Laghus Luthieria - Salvador - Parte II

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa :: Multimédia :: FanFics :: One Shot's-
Ir para: