Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa
Bem-vindo!
Junta-te a nós ou faz o teu login!



 
InícioPortalFAQRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 One day at a time...[Capitulo 30]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Abr 21, 2010 11:27 pm

Esse Jake grandississimo parvalhão.

O Joe é sempre fofinho .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Abr 22, 2010 3:40 pm

Capitulo 15

Acordo sozinha, parece que ela teve de sair! Mas foi uma grande ajuda ter estado aqui á minha beira! A Denise entra no quarto com um tabuleiro e diz:
- Vá querida, está na hora de comer, sim?
- Mas não tenho fome Denise.
Passa a mão na minha cara.
- Mas tens de comer, não podes ficar sem comer. Vá lá, faz um esforço, por mim querida. Por ti!
Faço cara de quem não quer mesmo comer, ela percebe e diz:
- Olha, vou deixar aqui o tabuleiro, quando tiveres fome comes, pode ser? – Sorri.
Tento sorrir mas não sai nada de jeito. Acaba por sair. Não me apetece mesmo comer, não tenho fome nenhuma, ainda me sinto enjoada, se comesse era para vomitar tudo, de certeza. Adormeço. No dia a seguir é a mesma coisa, a Denise vem com o almoço, mas não como, trás o jantar, também não como. Não consigo simplesmente comer. Á noite o Nick vem ao quarto, é a primeira vez que o vejo desde o que se passou. Vem com o que julgo ser uma caneca na mão. Senta-se á minha beira e diz:
- Meg, porque não comes? Tens de comer. A minha mãe está a ficar mesmo preocupada, e eu também, imenso. Olha, trouxe-te isto, é chocolate quente, fui eu que fiz! Sim é estranho, mas fui mesmo eu que fiz, bebes?
Sorrio e digo:
- Oh Nick, obrigado, a sério. Mas não me apetece muito.
- Por favor Meg! Nem por ter sido eu a fazer? – Faz beicinho.
Ok, não consigo resistir, acabo por concordar.
- Pronto, está bem Nick. Mas só um bocado, sim? Pode ser? Bebes o resto?
- Hum… E se for metade para cada um? O que dizes?
Penso.
- Ok, pode ser, metade para cada um!
Ficamos a conversar e a dividir o chocolate quente. Até soube bem. É um querido este Nick, ainda bem que ele está aqui comigo, senão não sei.

*Dias Depois*

Finalmente saí do quarto, já não aguentava estar lá fechada. Pronto, foi a Filipa que me convenceu a sair do quarto. A Denise disse que não tenho de fazer nada, mas tal como da outra vez tenho de me distrair. Ainda não me sinto muito bem, continuo a sentir-me horrível, sinto-me péssima, mas preciso de me distrair senão acho que fico maluca, não aguento fechar os olhos e… Vê-lo… Por cima de mim, senti-lo. Não gosto, nem quero voltar a sentir isso outra vez.

*Um mês depois*



É de noite, já devem estar todos a dormir. Todos não, estou no jardim e vejo luz no quarto do Joe. Mas não importa. Ele não fala comigo desde que o mandei embora, se calhar é melhor assim, não sei. Mas não percebo, só o mandei embora porque precisava de ficar sozinha, precisava mesmo. Já não percebo nada. Sento-me no banco de baloiço que tem no jardim mesmo em frente á piscina, gosto de me sentar aqui quando tenho de pensar, e neste momento preciso mesmo de pensar. Começo a falar sozinha, a falar comigo mesma:
- Não percebo, porque é que isto me foi acontecer? Sinto-me tão mal, tão… Em baixo… Acho que nunca vou ficar bem, nunca, dói, dói tanto. Sou horrível…
Ouço passos atrás de mim, olho para trás muito assustada, é o Joe. Respiro de alívio, mas não digo nada. Aproxima-se de mim e diz:
- Não digas que és horrível Meg, porque isso não é verdade. Olha, és uma pessoa maravilhosa que merece ser feliz! O que te aconteceu foi horrível e deixou marcas, mas com o tempo vai sarando, não penses que tudo é mau. Não te serve muito de consolo, eu sei, mas estou aqui!
Não consigo dizer nada, cada vez o percebo menos, esteve tanto tempo sem falar para mim e agora isto? Senta-se ao meu lado e continua:
- Sei que não tenho estado a teu lado nestes últimos tempos, mas precisava de pensar, precisava de pensar no que aconteceu, de pensar se me querias a teu lado. Peço desculpa se isso te afectou de alguma maneira. Não tens de estar assim por causa dele, achas que ele merece que estejas assim tão mal?
Desta vez as lágrimas vêm-me aos olhos, consigo senti-las, não quero mostrar-lhe que estou prestes a chorar por isso baixo a cabeça. Põe a mão no meu queixo e levanta-me a cabeça, suavemente.
- Levanta a cabeça Meg, quanto mais não seja para toda a gente ver que estás a tentar, para toda a gente ver que és linda!
Sinto que tenho de lhe responder e é exactamente isso que faço.
- Mas isso não é verdade Joe. Estou assustada com isto tudo, é tão difícil…
- Entendo que estejas assustada, mas eu estou aqui para tudo o que precisares, espero que saibas isso… - Passa a sua mão na minha cara, suavemente, fazendo com que sinta um arrepio – Acredita, quero ajudar-te, quero ajudar-te a ultrapassar isto, quero ver-te feliz Meg!
- Nunca vou conseguir ultrapassar isto Joe, não me sai da cabeça. Não consigo, não sou capaz, às vezes penso que era melhor… - Sinto as lágrimas de novo, mas desta vez há uma que teima em cair!
- Era melhor o quê? Acabares com tudo? Não! Não faças isso, nem penses nisso. Não é solução, nunca é solução. Eu não… Não ia aguentar, não ia. Por favor, não digas essas coisas. Deixa-me ajudar-te, por favor…
- Porquê Joe? Porquê? Não adianta...
- Adianta sim – Insiste – Deixa-me ajudar-te, deixa-me tentar, confia em mim! Tudo vai acabar bem, prometo! Só tens de me deixar ajudar-te, não te feches dessa maneira. Eu gosto muito de ti… Muito!
- Porque te estás a dar a este trabalho todo por mim? Acho que comigo já não há volta a dar. Acabou Joe!
- Não ouviste o que disse Meg? Eu gosto de ti!
Pára de me deixares tão confusa Joe, ai!
- Sim, tens sido um querido comigo, obrigado por isso, mas… Não consigo…
- Não percebeste o que quis dizer, pois não? – Parece desiludido.
Não sei se percebi, nem sei se quero perceber. Mas o que se está a passar?
- Joe, desculpa, isto tudo faz-me confusão, mudaste de um momento para o outro e eu não sei porquê. Antes eras um parvo sempre a embirrar comigo e agora vens dizer isso? Custa-me confiar nas pessoas em geral, não é só em ti. Não sei o que te dizer.
- Confias no meu irmão, na Filipa, na minha mãe, mas em mim não. Não é justo, porque não me dás uma oportunidade? Uma oportunidade de mostrar que quero ajudar!
- Olha, não me quero dar mal contigo – Apercebo-me agora que isto é mesmo verdade – Mas tens de perceber que tenho imensa coisa na cabeça.
- E percebo Meg, acredita que percebo. Não te vou pressionar, mas vou pedir-te uma última vez, deixa-me ajudar-te, só isso. Olha, tenho uma coisa para ti.
Vai buscar uma guitarra, senta-se no chão, á minha frente e começa a cantar uma música:

“I'll be right here when you need me, anytime just keep believing and I'll be right here, if you ever need a friend someone to care and understand, I'll be right here. All you have to do is call my name. No matter how close or far away, ask me once and I'll come, I'll come running and when I can't be with you dream me near keep me in your heart and I'll appear. All you gotta do is turn around, close your eyes, look inside. I'm right here. Isn't it great that you know that I'm ready to go wherever you're at, anywhere, I'll be there. All you have to do is call my name, no matter how close or far away, ask me once and I'll come, I'll come running and when I can't be with you dream me near, keep me in your heart and I'll appear. All you gotta do is turn around, close your eyes, look inside. I'm right here. Whenever you need me, there's no need to worry, you know that I'm gonna be right here, ask me once and I'll come, I'll come runnin and when I can't be with you dream me near, keep me in your heart and I'll appear, all you gotta do is turn around, close your eyes, look inside, I'm right here. I'm right here.”

Espero que gostem e obrigada a todas pelos comentarios, sao umas queridas *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Abr 22, 2010 10:41 pm

adorei, adorei está mesmo giro.


quero o próximo Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sex Abr 23, 2010 8:19 pm

o Joe está a ser mesmo fofinho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Abr 27, 2010 4:24 pm

Capitulo 16

Acaba e olha para mim. Mas não estou em mim, estou completamente parva. Ele cantou isto para mim? Gostei tanto do que ele cantou, tão querido, oh, nem sei o que dizer. Ele está mesmo a apoiar-me! Ele canta mesmo! Nunca o tinha ouvido cantar, sei que parece parvo porque moro em casa dele, ele é famoso, canta numa banda famosa, e nunca o ouvi cantar. Sou parva por nunca o ter feito porque ele canta tão bem! O Nick já tinha ouvido, mas o Joe não, estou mesmo surpreendida, amei a voz dele! Tenho de acompanhar a banda dele, mesmo! Apercebo-me agora que estou a chorar, ele olha para mim, senta-se de novo ao meu lado.
- Estás a chorar? Não gostaste? Desculpa Meg, não queria piorar as coisas!
-Não Joe, não é isso, estou a chorar sim, mas é por achar que não mereço isto, não mereço a tua amizade. Mas obrigado, gostei muito! Obrigado!
Apetece-me dizer-lhe que amei a voz dele, mas não me parece muito adequado!
- Não digas isso. Claro que mereces a minha amizade. Porque não havias de merecer?
- Porque sempre te afastei, ainda agora o faço e tu sempre a tentar. Sei que deve ser complicado para ti. Mas sabes que não consigo, não sabes? Desculpa. E obrigado por estares sempre aqui!
Olha para mim, com aquele olhar ternurento que ele faz as vezes, já reparei!
- Não tens de agradecer, és… Importante para mim só quero ajudar!
- Mas sabes que vai ser difícil, não sabes Joe? Desculpa se não sou como querias, mas… Não sei explicar, é difícil…
- Não peças desculpa Meg, não tens de pedir desculpa. És exactamente como eu quero! – Diz mais baixinho, mas finjo não ouvir.
- És boa pessoa Joe! Agora sei que sim. Pena não… Não te ter conhecido antes do Jake…
Parece ter ficado um pouco… Tocado com esta ultima frase, mas não quer fazer notar e diz:
- Estou aqui Meg. Vai ficar tudo bem, prometo!
- Prometes Joe? Prometes? Não quero ficar assim, não quero…
- Prometo! Vais ver que com o tempo tudo vai melhorar!
- Obrigado Joe, a sério, obrigado! Posso só ficar mais um pouco sozinha?
Quando digo isto percebo que fica triste, já o magoei tantas vezes, ele não merece, e por um lado não queria ficar sozinha…
- Joe…
Ele já estava a ir embora, para, olha para trás.
- Sim?
- Podes ficar se quiseres. Mas podemos ficar em silêncio apenas?
- Tens a certeza?
- Sim! Podes ficar! Mas achas que podemos ficar aqui sem falar?
Sorri e diz:
- Espera aí.
Ok, que estranho isto! Pelo menos sorriu! Não sou assim tão má pessoa, acho… Espero mais 5 minutos e ele regressa, com duas canecas de chocolate quente e uma manta! OH, QUE QUERIDO! Vai fazer-me tão bem isto! Sorrio, mas um sorriso mesmo sincero, daqueles de orelha a orelha e digo:
- Obrigada Joe!
Senta-se a meu lado, cobre-nos com a manta e bebemos o chocolate quente! Que estava óptimo! Soube mesmo bem! Ficamos tal como pedi, em silêncio apenas, não sei como ele atura estas coisas. Ficamos a olhar as estrelas, está frio, mas o céu está estrelado, está perfeito! Ok, como é que eu estou para aqui a pensar que o céu está perfeito? Ao tempo que não penso nestas coisas! Sabe bem, estar aqui assim, sem dizer nada. Olho para o Joe, discretamente, parece que está a sorrir, olha também para as estrelas e sorri! De repente, dá-me uma vontade enorme de encostar a cabeça no seu ombro. É o que faço! Parece não se importar, pelo contrário, parece sorrir ainda mais, põe o braço por trás de mim e faz-me festas no cabelo! Ficamos assim bastante tempo, até que finalmente adormecemos! Afinal, parece que o Joe é mesmo um bom amigo!

*Mais tarde, muito mais tarde*

Foram outra vez para os concertos e já voltaram. Tal como tinha prometido a mim mesma, ouvi a banda do Joe, do Nick e do Kevin, pedi os CD’S todos emprestados á Filipa! Amei completamente, têm músicas tão lindas. Cantam tão bem, nunca pensei, mas acho que me tornei numa fã! Disse-o á Filipa que começou logo aos saltos a dizer:
- Eu bem te disse que ias gostar, eu bem te disse!
Enfim… Agora que eles regressaram começaram a aparecer rosas no meu quarto. Não estou a perceber, só está o Kevin em casa, vou ao quarto dele e pergunto:
- Kevin, foste tu que deixaste isto no meu quarto?
Olha para mim e para o que tenho na mão:
- Hum… Não Megan, não fui eu… Desculpa.
- Ok. Mas não sabes quem foi?
- Não. Desculpa.
- Não faz mal. Depois pergunto ao Nick.
Que estranho, isto não é mesmo normal. Não é uma coisa que aconteça todos os dias, principalmente a mim. O Nick chega a casa e vou ter com ele ao quarto também.
- Nick, desculpa estar a chatear, mas foste tu que puseste rosas no meu quarto?
Olha para mim, noto que quer sorrir mas não sorri, apenas diz:
- Não fui eu Meg, mas porquê? Não gostas de rosas?
- Claro que gosto, amo! Mas quem terá sido? Isto não é normal. Começo a ficar preocupada, será que foi o… Jake?
Agora parece que fica ofendido:
- Achas que foi o Jake Megan? Ele está preso, não ia fazer isto, como é que ele punha as rosas no teu quarto?
- Não sei, ele é capaz de tudo. – Arrepio-me só de pensar nisso, não gosto de falar nele.
O Nick aproxima-se de mim.
- Olha, porque não perguntas ao Joe? Já perguntaste?
Rio-me com o que ele disse, até tem piada este rapaz.
- O Joe? Oh Nick, fala a sério. O Joe? Não, não pergunto nada porque sei que não foi ele.
- Como sabes? – Parece chateado.
- Apenas sei. Não foi ele.
- Tu é que sabes!
Este rapaz é tão estranho, tem tantas variações de humor, ninguém o entende! Saio do quarto do Nick para ir para o meu, e passo pelo do Joe. Ainda hesito, entro para perguntar? Estou quase a bater á porta, mas algo me diz para não o fazer, por isso vou para o meu quarto.

Espero que gostem e mais uma vez OBRIGADA PELOS COMENTARIOS *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Abr 27, 2010 5:37 pm

Está mesmo giro, adorei adorei adorei adorei .

Ai odeio quando os capitulos acabam assim em suspense, mas de certeza que foi o Joe Razz

Estou ansiosa de ler o próximo .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Abr 28, 2010 12:37 am

Opa opa desclpa nao tenho andado por estas bandas por dois motivos:
1- nao ando muito bem, odeio isto
2- a escola dá mesmo cabo de mim

Estes caps fizeram-me mesmo pensar.. adorei lê-los aqui na st. Vieram as lágrimas aos olhos. Como é que alguem é tao compreensivo, querido, preocupado, tudo. Tenho saudades de me sentir... "importante para os outros" como a meg, com o joe. awwww

é perfeito, perfeito.
continua *_*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Abr 29, 2010 4:00 pm

Capitulo 17

Mais uns dias se passaram e mais rosas aparecem no meu quarto, ou descubro quem é, ou dou em tola, não aguento mais. Vou ao meu quarto de novo, e tem lá outra rosa, mas esta vem acompanhada com um bilhete. Sento-me na cama, abro o papel, que tem um bilhete de cinema junto, o papel diz: “Provavelmente não sabes quem sou. Não te assustes, não te vou fazer mal nenhum, podes confiar. Olha, tens aí um bilhete de cinema, para a sessão da tarde, o lugar está marcado, se queres saber quem sou aparece, vou estar ao teu lado. Ah, mais uma coisa: Amo-te Megan!” Agora estou mesmo curiosa, mas será que devo aparecer? Que medo, e se é alguém que me quer fazer mal? Fiquei sem perceber o “Amo-te Megan!” mas também não vou dar importância a isso. Mais uma vez vou chatear o Nick.
- Nick, deixaram mais uma rosa no quarto com este bilhete, o que faço?
Ele lê e sorri. Ok, sorri porquê? Será que a minha cara tem assim tanta piada?
- Bem, eu acho que deves ir Meg.
- Oh, e se for alguém que me quer fazer mal? Tenho medo.
- Mas não tens curiosidade? Então vai. Não vai acontecer nada de mal, prometo! Se quiseres até te levo.
Olha, boa ideia.
- Levas? E ficas comigo até eu ver quem é?
- Claro que sim! A que horas é?
- Hum… - Olho para o relógio – Agora!
- Ok, vai lá arranjar-te então.
Foi o que fiz, arranjei-me e meti-me no carro do Nick, para cometer a maior loucura de sempre! Nunca pensei ir encontrar-me assim com um desconhecido. Chego ao cinema, o Nick diz que vou ficar bem e dá-me um beijo na testa. Ok Nick, deixas-me assim sozinha? Estás bom da cabeça? Megan, respira, vá lá, respira. É o que tento fazer, vou até á porta da sala que diz no bilhete, inspiro, conto até dez, expiro de novo. Entro na sala, e procuro o lugar que diz no bilhete, quando finalmente o encontro e vejo quem está ao meu lado fico parva! Ok, parva, não é bem o termo, mas como é que eu não pensei nisto? Devia ter dado ouvidos ao Nick. O Joe, é o Joe que está sentado ao meu lado! O filme ainda não começou por isso pergunto:
- Joe? Não percebo, porque fizeste isto? Porque não me convidaste logo, se querias vir ao cinema?
- Não tinha piada. Assim ficou mais… Romântico. Não sei. Não gostaste?
- Claro que gostei Joe! Nunca tinham feito uma coisa assim por mim. Mas assustei-me. Se o teu irmão não me tivesse trazido aqui não sei se vinha e ficavas aqui sozinho.
Ele ia a dizer mais qualquer coisa, mas não conseguiu porque o filme começou. Boa escolha que ele fez, comédia! Como eu gosto! Boa Joe!
No fim do filme ele pergunta se tenho fome, digo que sim, e é verdade. Convida-me para jantar, aceito! Leva-me para um restaurante á beira-mar, com direito a velas no centro da mesa e tudo! Sinto-me… Um pouco á parte com isto tudo, isto é demais para mim, mas estou a gostar, está tudo… Perfeito! Antes da comida chegar digo ao Joe:
- Mais uma vez, porquê isto tudo Joe?
- Precisas de te distrair Meg, faz-te bem!
- Sim, se calhar tens razão. Mas continuo sem perceber porque te dás ao trabalho.
- Já te disse Megan, quero ver-te feliz! Eu gosto muito de ti!
- Sabes, é difícil para mim encaixar isto tudo, desculpa. Mas obrigado por isto, apesar de tudo até me estou a divertir!
- Ainda bem Meg! Fico feliz de ouvir isso! Já que te estás a divertir, depois queres ir á praia ali em frente?
- Sim, pode ser – No que toca a praia, não resisto, adoro – Mas não pode ser até muito tarde, amanhã trabalho.
Põe a sua mão por cima da minha que estava em cima da mesa e diz:
- Não te preocupes, de certeza que a minha mãe não se importa se te levantares mais tarde.
Tiro a minha mão de baixo da dele, não gostei muito do que ele disse, soou-me tão mal.
- O que queres dizer com isso Joe? – Está a olhar para mim, sem perceber nada – Olha, vou embora.
Agarra-me no braço.
- Não, não vás embora Meg, fica, por favor. Olha, se quiseres damos só uma volta rápida pela praia, mas fica.
Parece que não percebeu o porquê de eu ter ficado assim, coitado, não deve ter dito com más intenções.
- Tens de ter mais calma Joe. Sei que fazes isto com boas intenções, mas parecia que estavas a… Sei lá, tentar fazer algo comigo na praia.
Olha para mim com cara de… Choque!
- Ah? Achas que eu era capaz de uma coisa dessas Megan? Principalmente se não quisesses? Nunca! Pensei que sabias isso.
- Oh, desculpa, a sério, eu sei que és diferente, que és um querido, desculpa.
Sorri, não sei como ele atura as minhas paranóias, se fosse comigo tinha-me levantado da mesa e saído. Fui tão parva, coitado. Depois do jantar fomos então á praia, estava um pouco escuro e estava com medo, mas não sei porque senti-me protegida com o Joe ali.

Bem, espero que gostem *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sex Abr 30, 2010 8:49 pm

está mesmo mesmo giro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sab Maio 01, 2010 10:02 pm

Rita Liane escreveu:
está mesmo mesmo giro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Maio 04, 2010 3:16 pm

Capitulo 18



Demoramo-nos um pouco na praia, adoro ouvir as ondas, adoro sentir a areia por baixo dos pés, o cheiro do mar, tudo isto me acalma! Tirei os sapatos e fui molhar os pés, estava a precisar, não só de tirar os sapatos, mas de sentir o mar nos meus pés, de pensar, de sentir o vento na cara, de sentir o cheiro do mar! Tirei também o casaco e fiquei só com o vestido. De repente, enquanto passeava ali, com os pés na água, sinto água, gelada, nas costas, até parei de respirar por um momento. Olho para trás, o Joe está lá, também descalço a molhar os pés, olha para mim e pergunta:
- O que foi? Não fui eu…
- Pois, está bem…
Claro que não acreditei. Mas fiz de conta e continuei. Volto a sentir água nas costas de novo, mas desta vez em mais quantidade. A minha reacção foi a mesma de á bocado, mas desta vez a minha cara deve ter ficado mesmo parva porque o Joe ri-se. Então digo:
- Então estás-te a rir? Já vais ver…
Faço-lhe o mesmo, com o pé atiro-lhe com água, como estava só de camisa, e uma fininha, teve uma reacção igual á minha, o que me faz rir.
- Ei! – Diz ele com cara de chateado.
- Ah, ah, também não gostaste pois não? Bem feito! – Digo ainda a rir-me.
Ele sorri, um sorriso, hum… Maroto, vem atrás de mim e tenta molhar-me de novo.
- Ah, falhaste!
Começa a correr atrás de mim, por isso fujo dele, começo a correr também. Mas ele corre um pouco mais que eu por isso consegue agarrar-me a mão, como vou a correr, desequilibro-me e caio, fazendo com que ele caia por cima de mim. Ainda nos estamos a rir, feitos parvos, ele continua por cima de mim, fica sério, de repente, fazendo com que fique séria também. Olha-me nos olhos, aquele olhar do outro dia, quando me beijou. Não estou a gostar nada disto, aproxima a sua cara da minha, quando começo a sentir a respiração dele, que está ofegante por ter estado a correr, afasto-o, tiro-o de cima de mim.
- Joe… Não, não estragues o momento por favor. Estava a ser tão divertido!
Ele fica atrapalhado, sentamo-nos os dois, lado a lado, ele diz:
- Desculpa Meg, desculpa. Não queria… Desculpa.
- Não tem mal Joe. Não levei a mal. Mas fizeste batota, fizeste com que caísse… Oh, não vale…
Digo dando um toque no braço dele. Ele ri-se e diz:
- Oh, ninguém te mandou fugir…
- Pois, mas se não fugisse tinhas-me molhado mais, não ia deixar!
Sorrimos os dois e fica um silêncio enorme, só se ouve o mar. Depois disso sinto que tenho de dizer algo:
- Joe… Obrigado por me tentares ajudar, e por tornares tudo na minha vida um pouco mais divertido. Obrigado por me fazeres sorrir!
Sorri, mais uma vez, e diz:
- Sabes, foi a primeira vez que te ouvi rir daquela maneira, não imaginas como me senti… Bem! Por estar a conseguir ter esse efeito sobre ti! Estou a conseguir ajudar Meg?
- Não se nota? – Sorrio, um sorriso tão parvo que baixo a cabeça.
Levanta-me a cabeça, olha-me com um olhar cheio de ternura e diz:
- Tens um sorriso lindo, sabias?
Ok, desta vez sinto-me a ficar totalmente vermelha, ainda bem que está escuro, ainda bem mesmo! Que vergonha! Megan, porque é que estás com vergonha? Que parva. Ao que ele disse só consigo dizer:
- Bem, já é tarde, vamos embora?
Levanto-me, levanta-se comigo, está frio, por isso visto o meu casaco, mas é fininho, continuo a tremer. Ele percebe e dá-me o casaco dele.
- Não Joe, também deves ter frio, deixa estar.
- Eu insisto. Veste-o.
Acabo por aceitar porque estou mesmo com frio.
- Obrigado Joe.
Já em casa na sala, tiro o casaco, entrego-o e digo:
- Mais uma vez obrigado Joe, adorei a noite de hoje! Obrigado por tudo!
- Achas… Achas que podemos repetir?
Penso, faço cara de quem vai recusar e digo:
- Hum… Sim, claro que sim, na próxima folga que tiver, se quiseres e poderes!
- Claro que posso!
- Bem… Obrigado Joe!
Dou-lhe um beijo leve na cara e vou para o meu quarto. Sei que o beijo era escusado, mas senti que tinha de o fazer! Foi um amor de pessoa esta noite. Há muito tempo mesmo que não me ria assim, que não me sentia assim tão… Livre! É difícil de explicar, mas o Joe torna tudo muito mais fácil, ainda não estou pronta para algo mais do que isto, mas estou a gostar muito de conhecer o Joe mesmo como ele é!
No dia a seguir, já de manhã o Nick vê-me na cozinha e pergunta:
- Então, como correu ontem? – Ri-se, ah ah, muito engraçadinho este Nick!
- Pode-se dizer que correu bem!
Continua a observar-me, como que a estudar os meus gestos, para ver se percebe. Continuo na minha, a fazer o pequeno-almoço.
- E gostaste do cinema? E da companhia?
Diz a última parte mais baixinho, mas consigo ouvir.
- O cinema foi óptimo, muito engraçado o filme! A companhia também foi… Boa! Gostei muito! Agora, já fizeste as perguntas todas que querias? Posso continuar a trabalhar?
Ele ri-se, percebe que estou a brincar, mas continua.
- Ainda não acabei. O que achaste de ser o Joe?
- Olha, nem sei, acredita que não estava a espera! – Faço cara de má porque me lembrei que ele me deixou lá sozinha – Nicholas Jerry Jonas, tens consciência que quando me deixaste lá sozinha me ia dando um ataque? Porque não disseste que era o Joe?
- Ai sim? Se tivesse dito que era o Joe tinhas ido Megan?
- Hum… - Penso – Não sei, acho que sim. Mas devias ter dito Nick.
- Não tinhas ido, eu conheço-te. Desculpa ter-te deixado sozinha, mas valeu a pena, não?
- Sim, valeu a pena, diverti-me muito. Não me ria assim há muito tempo. E… Não digas nada ao teu irmão – Digo isto baixinho, encostando-me ao ouvido dele – Mas estou a gostar de o conhecer mesmo!
Ele sorri, e ajuda-me com o pequeno-almoço, não dizemos mais nada, ficamos em silêncio! Até porque ele sabe que não lhe conto mais do que isto, se quiser saber que pergunte ao Joe!

Espero que gostem *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Maio 04, 2010 8:07 pm

awwwwwwwwwww ta taooo lindo!
adoroo a praia! jesus! aqele momento ! wow! amei
e dps o nick feito desentendido.. a saber se tinha gstado e tal...

LOL e a meg, claro foi logo NICHOLAS JERRY JONAS!


Continua! va la va la!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
M'Jonas
world war III
world war III


Feminino Número de Mensagens : 51
Idade : 22
Localização : Somewhere
Emprego/lazer : Estudante/Jonaaas ! *-*
Jonas Brothers Preferido : ~Joee *-* You're the dream, my dream.
Data de inscrição : 30/12/2008

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Maio 04, 2010 11:54 pm

Este foi o meu capitulo preferido! Descreves tudo tão bem dá pra sentir...
Posta rápido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 05, 2010 1:04 pm

M'Jonas escreveu:
Este foi o meu capitulo preferido! Descreves tudo tão bem dá pra sentir...
Posta rápido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sex Maio 07, 2010 8:25 pm

É, os desaparecidos sempre aparecem! Shocked (?)
Bom, espero que te vás preparando porque eu pressinto que vai sair qualquer coisa de grande, o que nem por isso quer dizer que tenha grande qualidade, mas aqui vai!

Cap. 14
1° de tudo, pilinha para os policias e as manias todas deles! -.-' [lol, mas é verdade]
Manzz, o Jacob merecia muito mais que só um murro do Nick, se não fosse por ele ainda poder ser acusado de agressão ele bem que o podia espancar! [eu sou muito má! xD]
Mas ainda bem que chegaram a tempo. A Meg não merecia uma coisa dessas!
Cap. 15
A Meg tenha mesmo que reagir...
O Joe foi super querido mesmo! *.*
E o raio da mocinha que não nota que ele anda farto de babar por ela... ai,ai,ai...
Cap. 16, 17 e 18
God, ele é a coisinha mais romantica que se pode imaginar! *.* [Tambem queroooo!! I love you ]
O Nick foi mesmo malvado, ainda se ria da cara dela! xD
Mas achei suuuper fofo! *.*
Já disse que tambem queroo?? É isso mesmo eu tambem quero, ando carente, Joe não me queres fazer também uma surpresa?? (a)
Suspect Quando é que a mocinha vais perceber que ele gosta dela... O Joe é mesmo querido na tua fic e eu não me canso de dizer isso! ^^

E amo completamente a musica do cap 18!^^
Gosto bué das musicas desses mocinhos! =D

Bjinhoo*
Espero que não tenhas achado muito chato, mas já à bué que não lia nem comentava... =/
E ontem o meu pc não queria abrir nada na ST... e a Filipa é que me passou os caps! xD
BGD Filipa! =D*
E acabou a tua torturaa em ler isto!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Mrs. President
paranoid
paranoid


Feminino Número de Mensagens : 134
Idade : 21
Localização : lost in his brown eyes**
Emprego/lazer : Estudante/ Jonas obcessed :D
Jonas Brothers Preferido : NJJAY, but i trully love the three**
Data de inscrição : 10/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sab Maio 08, 2010 9:26 pm

desculpa, tenho andado distraida e ja nao comentava a imenso tempo... :s

ohh, o joe e tão, mas tão querido** estou a adorar, a serio (:
parabens! :'D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Dom Maio 09, 2010 12:44 am

epa já nao comentava isto á tanto tempo!
o Joey é mesmo fofinho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 10, 2010 3:24 pm

Capitulo 19

PDV Joe
Eu e o meu irmão Nick, estamos a conversar no quarto, mas temos de ir sair para as gravações da série Jonas. Continuamos por isso a conversar enquanto vamos para o carro, onde o Kevin já nos espera. No corredor, enquanto continuamos na conversa a Meg aproxima-se, começo a sentir o cheiro do seu perfume e até acho que já nem digo coisa com coisa ao meu irmão. Aproxima-se cada vez mais, no seu rosto começa a surgir um sorriso tímido, um sorriso que adoro. Passamos um pelo outro e mesmo nessa altura ela olha-me nos olhos e eu nos dela. Perco-me completamente naquele olhar, naquele olhar sincero, puro! Deixo de falar de vez para o meu irmão que apercebe-se agora do porquê de eu estar assim e sorri. Depois deste olhar, deste olhar que… Doeu. Doeu porque não pude dizer o quanto a amo, não a pude beijar, não a pude ter nos meus braços e dizer que vai ficar tudo bem. Doeu, mas… Amei! Amei porque no seu olhar percebi que confia em mim, já não é um olhar triste, mas sim um olhar feliz, os olhos brilham mais. Sinto que cada vez a amo mais e… Não a posso ter, é horrível sentir isto assim. Amar sem ser correspondido. Sou acordado dos meus pensamentos pelo Nick:
- Ei! Joe? – Passa a sua mão á frente da minha cara – Então? Oh Joe, a sério, vocês podiam disfarçar mais.
- Disfarçar o quê? – Pergunto sem perceber o que ele quer.
- Que gostam um do outro, ia ser o quê?
- Oh, eu gosto dela, e acho que ela sabe. Mas ela não gosta de mim. – Digo, um pouco triste.
- Joe, achava-te mais inteligente do que isso. Claro que ela gosta de ti! Só tem medo de sair magoada, ainda não percebeste? Ela pode não se ter apercebido disso ainda, mas dá para ver no olhar dela que gosta de ti.
- E o que é suposto eu fazer Nick?
- O que é suposto fazeres? Continuar a tentar, com calma, como tens feito até agora! Dá para perceber que ela gosta de ti, só tu é que não vês isso Joe?
- O que faço agora? Se o que disseste é verdade, o que faço mais? As minhas ideias são poucas e não quero estragar tudo.
- Convida-a para sair outra vez mano. Ela gostou da última vez.
- E se ela pensa que a estou a pressionar?
- Ela disse que a podias convidar outra vez, não disse? Então, tenta! Mostra que és diferente.
- Eu tenho tentado, mas ela não deixa. Ia estragando tudo ontem na praia.
- Ok, essa não me contaste. O que se passou?
- Primeiro, quando estávamos a jantar pousei a mão na dela e ela tirou a mão. Depois, estávamos na praia, a atirar água um ao outro, ela fugiu, fui atrás dela, mas caímos e… Estávamos mesmo muito próximos… Tentei beijá-la, não consegui evitar fazer isso, foi mais forte do que eu, mas ela rejeitou…
- Não te recrimines por isso mano, eu teria feito o mesmo. Se ela não te quis beijar nem dar a mão, não foi por não gostar de ti, foi por ter medo, é normal, no próximo encontro vai com calma, não faças nada disso, mostra que a amas mas de outra maneira, entendes? Vais ver que tenho razão!
- Tens ideias para me ajudar maninho?
- Ideias? Hum… Isso vai ter de vir só de ti, vai ter de vir daqui – Põe a mão no meu coração.
Sorrio e agradeço! Esta conversa ajudou-me bastante, animou-me um pouco mais!

PDV Megan
Estou a limpar o quarto do Joe! Não sei porquê, sinto-me um pouco estranha por estar aqui dentro, antes sentia-me… Mal por estar aqui, não gostava. Agora sinto-me… Não sei, nem bem nem mal, sinto-me estranha. Demoro-me mais neste quarto do que nos outros, para poder observar melhor o que antes não via. Para tentar conhecer melhor o Joe. Por exemplo, apercebo-me agora, ao olhar com mais atenção, que o Joe é uma pessoa simples, com gostos simples também. Não gosta de se gabar por ser uma pessoa famosa, nem por ter uma banda visto que não tem nada no quarto que o mostre. Até gosto do quarto dele! Só acho que devia ser mais arrumadinho, tenho de lhe dizer isso! Pego numa fotografia para a limpar, e depois de a limpar observo-a. É uma foto que ele tem com os irmãos, quando eram um pouco mais novos, a fazer caras para a câmara! Começo-me a rir, são todos tão divertidos! De repente sinto alguém atrás de mim que diz:
- É, também gosto dessa fotografia! Faz-me sempre sorrir!
- Joe! Assustaste-me! Podias fazer mais barulho a entrar, não? – Pouso a fotografia.
- Desculpa, não te queria assustar!
- Não faz mal. Não te preocupes, já ficas á vontade, já estou a acabar!
- Não, não tenhas pressa! Estás á vontade!
Parece que me quer dizer mais qualquer coisa, mas não diz. Acabo de limpar, dirijo-me á porta para sair mas ele chama-me:
- Meg?
- Diz…
- Ah… Amanhã é a tua folga, não é?
- Sim, é Joe, porquê?
- Bem… Queria convidar-te para sair hoje. Sei que trabalhas até á noite, mas assim ficávamos mais á vontade, não tínhamos de vir logo embora, entendes? Não leves a mal. Aceitas?
Faz uma cara de expectativa. Oh, que querido! Mas não sei se posso sair assim.
- Oh, eu não me importava de ir Joe, mas… Tenho de fazer o jantar e tudo.
- Hum… E se jantássemos aqui? Ajudava-te a arrumar tudo se quisesses e depois saíamos, que dizes? Aceitas?
- Hum… Pode ser então! Aceito! – Sorri, mal digo isto – Agora vou continuar com o trabalho. Adiantar o jantar, sim?
- Claro! Vai lá. Não te esqueças!
- Claro que não Joe! E obrigado pelo convite!
Sorrio e saio. Tenho de ver o que a Denise pediu para fazer para jantar e começar a fazer!

Espero que gostem! E obrigada a todas pelos comentarios, sao umas queridas!! C' - WOW que comentario!!Amei querida, obrigada!!(quando puder passo pela tua fic sim?)

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Mrs. President
paranoid
paranoid


Feminino Número de Mensagens : 134
Idade : 21
Localização : lost in his brown eyes**
Emprego/lazer : Estudante/ Jonas obcessed :D
Jonas Brothers Preferido : NJJAY, but i trully love the three**
Data de inscrição : 10/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 10, 2010 7:02 pm

adorei (:
a serio **
finalmente a megan já está a perceber melhor que o joe nao lhe vai fazer mal (:
Gostei muuito, parabéns :'D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 10, 2010 8:46 pm

Awww...
E eu aqui a imaginar um Joe todo apaixonado e inseguro! *.*
Super amoroso [Para não dizer fofo, como no outro coment... xD]
Mas sinceramente, o Nick é que tem olho para a coisa... ele é que tem razão!
Adorei aquela parte dele a descrever a troca de olhares, foi super querido! *.*

Pow... fico ansiosa pelo próximo cap, próximo encontro entre esses 2!!

Neeeeeext, please!! *.*
bjinhoo*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 12, 2010 8:25 pm

Capitulo 20

*Mais tarde*
Tal como prometido o Joe ajudou com tudo depois do jantar, que querido! Deu-me tempo para tomar banho e me arranjar e lá fomos. Levou-me á praia de novo. Gosto tanto, parece que ele percebeu! Estamos a caminhar á beira-mar, como ontem, mas mais calmos! Sinto-o olhar muito para mim por isso pergunto:
- Joe, o que se passa? Queres dizer alguma coisa?
- Ah… Nada, estava só a pensar se… Se estás a gostar…
- Sim, estou a gostar muito! Obrigado pelo convite mais uma vez! Estás a gostar também?
- Claro que estou! Gosto da tua companhia!
Sorrio e sinto que tenho de fazer algo que nunca fiz e que tenho mesmo de fazer.
- Joe, obrigado por tudo que tens feito por mim! Tens sido um excelente amigo, tens sido o meu apoio em tudo. Obrigado!
Digo isto e abraço-o! Um abraço tão forte, tão apertado que chega a doer! Demoro um pouco mais também porque quero sentir o cheiro dele, o cheiro do perfume dele, tudo! Para quando não estiver com ele me lembrar de como é abraça-lo e sentir o seu cheiro. Ok Megan, porque estás a pensar estas coisas? Liberto-me do abraço e sorrio!
- Não tens de agradecer Megan, eu gosto muito de ti e vou estar sempre do teu lado!
- Desculpa se nunca confiei em ti, desculpa se às vezes fui… Má para ti.
- Não peças desculpa, eu entendo! Não és má, és linda!
- Linda? Ok, deves estar a precisar de uns óculos com uma graduação maior, não?
- Só estava a ser sincero!
Sorrio, sempre a tentar ser simpático, enfim!
- Megan, depois de amanhã eu e os meus irmãos vamos voltar aos concertos, se calhar vamos estar fora, no máximo, duas semanas, ficas bem?
Oh, vão para fora tanto tempo? Oh, não queria, não queria. Mas pronto, se tem de ser…
- Sim, fico bem. Mas… Vou ter saudades tuas. Apercebo-me agora da falta que me fazes.
- Olha, eu estou sempre aqui, no matter how close or far away. All you gotta do is turn around – Vira-me para ele – Close your eyes – Passa a mão pelos meus olhos, para eu os fechar – Look inside. I’m right here! – Aqui já põe a sua mão no meu peito, no local do coração o que me causa um arrepio.
Sorrio com o que ele faz, nunca pensei que ele fosse assim.
- Joe… Prometes? Prometes que vais estar sempre aqui?
Passa a sua mão na minha cara, olha para mim com aquele olhar que ele faz, aquele olhar cheio de… Amor.
- Claro que sim Meg. Vou estar sempre, SEMPRE aqui ouviste?
Levanto a mão para tirar a mão do Joe da minha cara, mas acabo por deixar estar, o toque dele faz-me bem! Ficamos assim, a conversar por algum tempo, talvez até demais. Conversámos sobre tudo, sobre nós, sobre as nossas infâncias, tudo, soltei-me mesmo com ele, contei-lhe tudo. Ele ficou triste quando lhe contei sobre a minha infância, mas disse-lhe que já passou. Agora estou bem!

*Dia de eles partirem*
Levanto-me mais cedo do que o costume, para fazer o pequeno-almoço para os rapazes irem as duas semanas para os concertos. Não podem ir de estômago vazio! Sinto-me um pouco… Triste, pela primeira vez, por eles irem. Sei que é por causa do Joe, não sou assim tão parva, só ainda não compreendo o que sinto por ele. Não sei, não sei mesmo, sinto-me confusa, talvez seja bom ele ir para eu pensar, para pensar sozinha, sem ele estar sempre a aparecer. Talvez seja melhor mesmo! Reparo nos olhares que ele me faz, tristes, olhares tão tristes, olhares de quem vai ter saudades, de quem vai sentir falta. Tento não reparar, nem olhar para ele para não ficar triste também. Saio da sala para ir buscar algo para eles ao voltar ouço-os falar de mim, por isso fico á escuta.
- Vês Joe? Ela também está triste por ires embora, eu disse que ela gostava de ti. – Diz o Nick muito seguro do que está a dizer. Ok, eu gostar do Joe? Hum… Não sei, talvez… NÃO!
- Oh, não digas isso Nick, é mentira. Pode gostar de mim como amigo, mas não passa disso. – Diz o Joe um pouco triste.
- Quem sabe se estas semanas longe de ti não a façam ver o que sente, ah? – Nisto ele já é capaz de ter razão. Ai Nick, apetece-me… Bater-te…
- Espero que sim Nick, espero que tenhas razão. Eu gosto mesmo muito dela e… - Ok, agora não me apetece ouvir mais nada, entro na sala a tentar disfarçar, a sorrir. Eles, como é óbvio calam-se. Só para os estudar digo.
- Hum… Calaram-se logo, estavam a dizer alguma coisa que eu não posso ouvir?
O Nick ri-se com cara de quem vai dizer algo que ou eu, ou o Joe não vamos gostar, e diz:
- Ah… Aqui o meu irmão estava a dizer que vai sentir muito a tua falta!
O Joe olha para ele com cara de chateado.
- Nick… És mesmo parvo… - Diz baixinho.
- Ele disse isso? – Digo a sorrir – Pois, eu também vou sentir muito a falta dele, espero que ele saiba isso. – Olho para ele nesta última parte o que o faz sorrir!
Saio da sala, acho que não é preciso dizer mais nada. Começo a arrumar tudo, sei que eles já estão á porta para ir embora, mas não me apetece ir lá, não gosto de despedidas, nunca gostei. A Filipa vai ter com eles ao aeroporto, mas eu não gosto dessas coisas. Afinal, despedir-me para quê? Vou vê-los daqui a duas semanas!

Espero que gostem *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Iris
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1515
Idade : 22
Localização : Por ai...Sinto me perdida
Emprego/lazer : Tentar ser feliz...Sonhar com aquele dia...
Jonas Brothers Preferido : Todos um pouco...
Todos tocam cá dentro mesmo muito. O Nicholas com a sua perfeição, o Kevin com o seu carinho, o Joseph com a sua boa disposiçao e o seu lindo e magnifico sorriso e claro o Frankie com a sua traquinice...Amo-os mesmo muito...Nao imagino a minha vida sem eles...<3
Data de inscrição : 02/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 12, 2010 8:38 pm

Ai que lindoooooo....
Esta tao perfeito
Tu es perfeita e escreves perfeitamente bem ja sabes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 12, 2010 10:21 pm

ohhh gostei tantos destes dois! O Joey é mesmo fofinho *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Alexandraa'
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1802
Idade : 23
Localização : Santa Eulália City :P
Emprego/lazer : Estudante | Jonas
Jonas Brothers Preferido : Nick. O meu ídolo *-*
Data de inscrição : 25/03/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sab Maio 15, 2010 4:44 pm

Amei *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alexandra-whoiam.blogspost.com
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sab Maio 15, 2010 4:53 pm

Gostei imenso destes dois ultimos capitulos.
Estão mesmo giros I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Hoje à(s) 3:29 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
One day at a time...[Capitulo 30]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Remember The Time - Momentos marcantes na vida de um Rei
» Diários de um vampiro,Onde tudo pode Acontecer! (Ultimo Capitulo Postado!!!)
» Time Of Our Live & What Makes You Beautiful - Big Time Rush/One Direction Mash-Up
» O Sedutor - 2º Capitulo ON
» Unisonic

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa :: Multimédia :: FanFics-
Ir para: