Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa
Bem-vindo!
Junta-te a nós ou faz o teu login!



 
InícioPortalFAQRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 One day at a time...[Capitulo 30]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Sab Maio 15, 2010 7:39 pm

desta vez vou comentar com um smile... so para ser diferente do q escrevo sempre.

^.^

espero que gostes! xD

continua com esta perfeiçao *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Dom Maio 16, 2010 3:11 am

Aww...
Super queridos! *.*
O Nick anda a sair da casca... ai anda, anda!! xD
Mas tem razão, às vezes a distancia faz-nos perceber coisas que sempre estiveram mesmo à frente do nosso nariz...
Espero que eles percebam... =)

bjinhoo***
Continua! =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 17, 2010 6:15 pm

Capitulo 21

Bem, faltam 3 dias para eles voltarem! MEGAN, MAS PORQUE É QUE ANDAS A CONTAR OS DIAS ATÉ ELES VIREM? Burra, parva, é o que sou! Ando a resmungar pela casa toda, a Denise acha estranho e vem ter comigo:
- Megan, estás bem?
- Ah? Estou bem, sim! Mas porquê?
- Andas aí a resmungar pelos cantos, resmungas com tudo. Não vou dizer que não acho piada querida, porque acho – Ri-se - mas gostava de saber o que se passa. Podes contar-me, sabes disso, não sabes?
Olho para ela, tem um olhar tão maternal, tão acolhedor, sinto-a como minha verdadeira mãe! Cada vez me deixa fazer menos aqui em casa, mas tento fazer o mais que posso para me distrair.
- Não consigo esconder nada, não é?
- Se não quiseres contar não contas querida, mas gostava de saber o que se passa na tua cabeça.
Sinto-me a ficar vermelha agora, estou mesmo a corar, baixo a cabeça, porque não quero que ela repare. Mas parece que repara, sorri e diz:
- Oh, não me digas que é por causa do Joe que andas assim querida!
Oh, como é que ela sabe? Como é que a pessoas acabam sempre por descobrir coisas sobre mim que eu não digo? Sou assim tão óbvia?
- Como… Como é que sabe Denise? Como chegou a essa conclusão?
- Oh – Põe a mão no meu queixo para me levantar a cara – Vê-se nos teus olhos! Vê-se que ele te faz falta, é isso, não é? Sentes a falta dele?
Aceno com a cabeça, custa-me estar a admitir isto á mãe dele, mas ela tem sido uma querida, e preciso de falar, a Filipa tem estado ocupada.
- Oh querida, não faz mal sentires a falta dele, não tens de ficar assim. Diz-me uma coisa, diz a verdade, gostas do Joseph?
Joseph… Nunca tinha pensado nele como Joseph, nunca! Gosto tanto, gosto de Joe, mas Joseph fica mais… Intimo, gostei! Agora sinto-me a ficar ainda mais vermelha, como um tomate, sinto a minha cara a arder.
- Não sei se gosto Denise, estou confusa, em parte, é por causa disso que ando a resmungar, por não saber o que sinto. E… Tenho medo.
- Oh, medo de quê?
- Medo de… Sair magoada, medo de sofrer, de sofrer tudo de novo. Não quero passar por tudo o que passei outra vez, não ia aguentar.
Olha para mim, com um olhar de mãe preocupada.
- Querida, uma coisa te posso garantir, os meus filhos são as pessoas mais doces, mais sensíveis, e mais sinceras que conheço. Podes ter a certeza que o Joseph nunca ia fazer nada para te magoar, nada! Eu sei que… Que ele gosta muito de ti, não ia fazer uma coisa dessas. Só te quer fazer feliz. Acreditas no que eu digo?
Aceno com a cabeça, não consigo dizer nada, sei que ela tem razão. Mas é muito complicado, será que consigo aceitar o Joe dessa maneira? Aceitar esse tipo de toque vindo dele? Aceitar um beijo dele? Aceitar o amor dele, será?
- Olha querida, vou deixar-te a pensar, sinto que precisas de ficar um pouco sozinha. Mas os sentimentos do Joe por ti são os mais sinceros, nunca o vi assim por causa de uma rapariga, acredita em mim! Dá-lhe uma oportunidade.
Dá-me um beijo na testa e deixa-me sozinha na sala. Será que devo mesmo dar-lhe uma oportunidade? Tenho tanto medo de sair magoada, não digo que o Joe seja como o Jake, NÃO, muito longe disso. Mas tenho medo que o Joe faça com que goste mesmo dele e depois… Me abandone, não sei. Já não sei mais o que pensar, sinto-me completamente confusa. Às vezes sinto que gosto dele, outras vezes sinto que não consigo dar-lhe mais do que amizade. Mas depois sinto que ele é a pessoa certa para mim, sinto que não sei viver sem ele, não sei. Agora, estas duas semanas sem ele foram difíceis, sim, vou admitir, não tive ninguém para me fazer rir, para me abraçar, para apenas ficar no jardim a olhar para as estrelas, mesmo sem dizer nada. Sim, repetimos isso mais algumas vezes, e tem sido cada vez mais mágico. Não precisamos de trocar olhares, de falar, nada, para conseguirmos sentir a … Magia! Sinto-me confusa, acho que preciso de o ter perto de mim para descobrir o que sinto realmente.

*3 dias depois*
A Filipa está cá, está á espera que o Nick chegue. Está tão… Ansiosa que até chateia.
- Ai Filipa, tem calma, foram só duas semanas.
- Sim, está bem. Vais dizer-me que também não andaste aí pelos cantos com saudades do Joe, ah?
- Oh, não digas disparates. – Digo chateada.
- Pois, quem não te conhecer…
Faço de conta que não ouço e vou fazer algo que tinha deixado por fazer por estar á espera deles, como eles nunca mais vinham fui acabar. De repente ouço algum barulho e vou á sala ver o que se passa. Chegaram! Finalmente! A Filipa vai logo a correr ter com o seu cavaleiro andante, ok, agora até eu me ri com este pensamento! Dá-lhe um abraço e beija-o de seguida, oh, que queridos, gostam tanto um do outro! De seguida o Nick vem ter comigo pergunta se estou bem e dá-me um beijo na cara! O Kevin faz o mesmo, o abraço dele surpreendeu-me, mas gostei, foi um amor! Depois… O Joe! Vê-lo ali, á minha frente de novo, que sensação tão estranha, mas agradável! Porque é que tudo que envolva o Joe para mim é agradável? Oh… Aproximo-me dele, aquele sorriso que ele faz quando me vê, simplesmente me deixa… Desarmada. Abraço-o, um abraço bastante forte, como se não o visse á anos. Cheiro as suas roupas, tudo, que cheiro agradável! Cheira tão bem, uma mistura de detergente da roupa, com perfume, um cheiro tão acolhedor! Enquanto o abraço pergunto:
- Correu tudo bem Joe? – Pergunta parva, mas quero mesmo saber!
- Sim, correu tudo bem! Estás bem Meg?
Interrompo o abraço, olho para ele e sorrio:
- Sim, estou bem! Tu também estás bem?
- Sim. Agora estou!
Oh, que querido! Não foi a melhor conversa para se ter, mas pronto, pelos vistos estávamos preocupados um com o outro! Não lhe quis dizer mais nada porque estava toda a gente a olhar para nós, e a fazerem sorrisos parvos, enfim! Talvez lhe diga mesmo o que senti quando ele estava fora, mas quando estivermos sozinhos.

Espero que gostem e obrigada a todas pelos comentarios *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 17, 2010 9:39 pm

Epa eles são tão romanticos, sao mesmo fofinhos !
Adorei está mesmo giro .


Fico a espera do próximo Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexandraa'
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1802
Idade : 23
Localização : Santa Eulália City :P
Emprego/lazer : Estudante | Jonas
Jonas Brothers Preferido : Nick. O meu ídolo *-*
Data de inscrição : 25/03/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 17, 2010 10:42 pm

Lindo *-*

Amei !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alexandra-whoiam.blogspost.com
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Maio 18, 2010 12:00 am

oh eles sao tao fofinhos
Continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 19, 2010 4:53 pm

Capitulo 22



Estou no meu quarto, já é de noite, estou a pensar vestir o pijama para ir dormir, antes de me começar a vestir a Filipa entra.
- Já vais dormir amiga?
- Sim, estou um pouco cansada, porquê?
- Oh, íamos todos ver um filme na sala, não queres vir?
- Não sei…
- Vá lá, vamos estar lá todos. Até o Joe!
Olho para ela com cara de poucos amigos e digo:
- Porque é que falaste no Joe? Porque não disseste… Até o Kevin, ou isso? Tinha de ser o Joe?
- Oh, desculpa, não te queria ofender. Vá lá. Vem, vai ser divertido, vais ver.
- Oh, está bem, chata…
Quando chegamos á sala a Filipa senta-se logo á beira do Nick, o único lugar disponível para mim é á beira do Joe. Oh, boa… Já estou a perceber o que eles querem, enfim. Faço de conta que não ligo, que não me afecta e sento-me á beira dele. Não sei porquê mas sinto-me estranha de novo por estar á beira dele. Isto é tão estranho, não consigo mesmo perceber o que se está a passar comigo. Deixo de pensar nestas coisas e tento tomar atenção ao filme mesmo estando da maneira que estou. Quando finalmente consigo tomar alguma atenção sinto o Joe tocar na minha mão que está pousada na coxa, quase á beira do joelho. Penso em tirar a mão, mas não é o que quero, não quero tirar a mão. Não olho para ele, mas mesmo assim insiste e passa do toque para umas pequenas festas. Ok Joe, o que queres? É isto? Dou-lhe a mão, entrelaçamos as mãos. Olha para mim surpreendido, até eu estou surpreendida com o que fiz, mas gosto do toque da mão dele, tão macia… Ficamos os dois a olhar um para o outro, ele sorri, eu também, mas continuo surpreendida com isto. Sinto toda a gente a olhar para nós, os olhares todos postos em nós. Ouço alguém falar muito baixinho e saem todos da sala, sem fazer barulho. São uns queridos, mas não era preciso saírem, ou era? Olho-o nos olhos, sinto que ele está a gostar completamente deste momento e sinceramente também estou! Aperta mais a minha mão, como se tivesse medo que a fosse largar, como se tivesse medo que eu de repente desistisse de estar assim. No meio disto tudo consigo ainda dizer:
- Senti a tua falta Joe!
Agora os olhos dele brilham mesmo.
- Também senti muito a tua falta Meg, muito mesmo!
Sorrio, tão querido.
- Para a próxima levo-te comigo!
Agora olho para ele com cara de parva.
- Oh, mas não posso ir, bem sabes.
- Hum… Quem sabe um dia não vais!
Não dizemos mais nada, sentimos que não é preciso. Ficamos apenas a ver o filme até ao fim, sempre de mão dada. Quando acaba vamos para os quartos, á porta do meu quarto digo:
- Boa noite Joe! – Faço um sorriso tão parvo que até me enerva!
- Boa noite Meg! – Sorri, aproxima-se de mim e dá-me um beijo na cara.
Não estava mesmo a contar com isto, mas… Gostei. Faço mais um dos meus sorrisos parvos e entro no quarto! Será que gosto do Joe? Estou mesmo………… Confusa!!!

Capitulo 23

*Dois dias depois*

Saio do meu quarto com uma caixa cheia de revistas e coisas que já não quero e que pretendo deitar fora. Mas a caixa está um pouco pesada e começa a escorregar-me das mãos. Paro de andar e tento agarrá-la um pouco melhor, quando acho que já está mais segura continuo a andar, mas desta vez escorrega mesmo e cai fazendo com que se espalhe tudo pelo chão.
- Que merda! Sempre a mesma coisa, tudo me cai das mãos. Não tenho sorte nenhuma…
Enquanto resmungo comigo mesma e apanho uma revista que ficou mais longe sinto uma mão por cima da minha, alguém me quer ajudar! Esse alguém parece ser o Joe! Olho para ele, estou um pouco surpreendida, não só porque pensava que ele não estava em casa, mas também porque não estava a contar com o toque dele! Nada mesmo. Ele olha também para mim, olha-me bem nos olhos, e quando o faz sinto-me completamente perdida no seu olhar. Levantamo-nos ao mesmo tempo, deixando tudo no chão, como se nada estivesse lá. Continua a olhar-me e entrelaça a sua mão na minha, olho para as nossas mãos, ligadas, de novo, tal como no outro dia. Continuo a sentir um ligeiro arrepio com o toque dele. Não dizemos nada um ao outro, sentimos que não é preciso, quer dizer, eu sinto que não é preciso. Continuo a olhar para as nossas mãos, com a mão livre o Joe levanta-me a cabeça, para olhar para ele, aproxima-se um pouco mais de mim e passa a mão na minha cara, muito suavemente e com muita calma, como se precisasse de sentir a minha pele. Volto a sentir um arrepio, que faz com que feche os olhos por um segundo. Depois de alguns segundos assim, põe a sua mão nas minhas costas aproximando-me ainda mais dele, agora consigo sentir o calor do seu corpo, volto a sentir o seu cheiro, que amo! Não consigo reagir direito às coisas que ele faz, estou tão confusa, não sei o que fazer. A sua cara aproxima-se da minha, consigo sentir a respiração dele na minha cara, nos meus lábios, mas nada faço para o impedir, porque… Não quero! Finalmente os nossos lábios tocam-se, um toque suave. O Joe coloca as duas mãos na minha cara e aí sim as nossas línguas tocam-se. Mas muito suavemente, como se fossem muito frágeis e fosse preciso ter muito cuidado. Levanto a minha mão para por na cara do Joe para o afastar, mas… Não quero, sinto que… Gosto dele, gosto do beijo, do toque dele. Por isso mantenho a minha mão na cara dele mas para lhe fazer festas, suavemente passo para o seu cabelo. Percebe então que estou a gostar e não o vou rejeitar por isso faz com as nossas línguas se toquem mais ansiosamente desta vez! Sinto alguém aproximar-se de nós, parece ser o Nick porque ouço uma voz:
- Joe… Oh…
Sinto que o “Oh” dele veio junto com um sorriso! Ouço os passos dele cada vez mais longe, mas sempre muito devagar, como se não quisesse interromper nada! Acho que o Joe também reparou que o Nick apareceu mas nenhum de nós interrompeu o beijo. Beijo que me está a provocar arrepios constantes, que me está a dar sensações que nunca tive antes. Será que… Estou a gostar mesmo do Joe? Não, não pode ser… Suavemente ele pára o beijo, e finalmente pergunto:
- Joe! O que foi isto?
- Foi um beijo! – Diz a sorrir.
- Isso eu sei. Mas porquê? A que propósito me beijaste?
- Meg… - Toca-me na cara de novo – Ainda não percebeste que te amo mesmo? Que és importante para mim?
Com esta apanhou-me desprevenida, o que respondo? Não me deixa falar, continua.
- Eu amo-te mesmo Megan, talvez desde o primeiro dia que te vi, só que nunca me tinha apercebido. Não… Não sentes o mesmo por mim?
Volto a tocar na sua cara, talvez para me aperceber se… Se o amo! Olho-o nos olhos e vejo tanta sinceridade, tanto amor, será que ele vê o mesmo em mim? É que… Eu acho que sim, que o amo!
- Joe… Eu… Acho que sim, que te amo…
Sorri, mas um sorriso tão grande que dá para ver a perfeição dos seus dentes, que sorriso tão lindo que ele tem! Aproxima-se de mim, talvez para me dar outro beijo, mas desta vez ponho a minha mão no seu peito e digo:
- Joe… Com calma, sim? Por favor. Deixa-me… Deixa-me primeiro digerir isto tudo, deixa-me pensar. – Olha para mim triste – Não, não preciso de pensar longe de ti, pelo contrário! Podemos continuar a sair, a conversar, tudo! Mas preciso de pensar, achas que dá?
- Claro que sim Meg, já sabes só te quero ver feliz e se tiver de acontecer algo entre nós, que seja quando tiveres as ideias todas no lugar!
Sorrio e abraço-o! Será possível que alguém como ele goste assim tanto de mim? Será?

Bem, deixo-vos dois capitulos porque um deles era muito pequeno, espero que gostem!!!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Iris
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1515
Idade : 22
Localização : Por ai...Sinto me perdida
Emprego/lazer : Tentar ser feliz...Sonhar com aquele dia...
Jonas Brothers Preferido : Todos um pouco...
Todos tocam cá dentro mesmo muito. O Nicholas com a sua perfeição, o Kevin com o seu carinho, o Joseph com a sua boa disposiçao e o seu lindo e magnifico sorriso e claro o Frankie com a sua traquinice...Amo-os mesmo muito...Nao imagino a minha vida sem eles...<3
Data de inscrição : 02/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 19, 2010 5:08 pm

OMG....
Que LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOO
Foi lindo mesmo
*.*
Posta mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 19, 2010 8:37 pm

Iris escreveu:
OMG....
Que LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOO
Foi lindo mesmo
*.*
Posta mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 24, 2010 5:06 pm

Capitulo 24

PDV Joe
Estou na sala a ver um bocado de televisão, com o Nick e a mãe! Mas não estou a prestar a mínima atenção ao que está a dar, os meus pensamentos estão noutra coisa, ou melhor, noutra pessoa! Não paro de pensar no beijo, foi um momento tão… Mágico, pelo menos para mim! Na minha cabeça, volto ao momento do beijo. Toco nos meus lábios, parece que consigo ainda sentir os seus lábios, o seu sabor, o toque das suas mãos. Gostava de a beijar de novo para voltar a sentir tudo de novo! Sou acordado dos meus pensamentos pela mãe:
- Joe? Joseph? – Toca-me no braço.
- Ah? Que foi mãe?
O meu irmão só se ri, não estou a ver onde está a piada, mas pronto.
- Estavas aí com uma cara! Nós estávamos a falar para ti e não estavas a ligar a nada do que estávamos a dizer filho, que tens?
- Estava era com cara de parvo, ali a rir-se sozinho! – Mais um comentário que só o meu irmão sabe fazer. Um comentário parvo!
- Nick! Deixa o teu irmão. Que se passa Joe?
Antes que pudesse responder, o meu irmão responde:
- Que se passa? O problema… Ou melhor, a felicidade dele, resume-se só a duas palavras: Megan e beijo!
- Nick… - Digo com vergonha! Ao mesmo tempo que o digo dou-lhe um murro no braço. Sei que é só a mãe, que não devia ter vergonha, mas não é uma coisa que me lembrasse de contar a ela de livre vontade! Mas o senhor Nick não se lembrou de manter a boca fechada.
- Nick, para com isso! Oh Joe – Diz com os olhos a brilhar – É verdade? Vocês… Beijaram-se?
- Sim, parece que sim – Digo com o sorriso mais parvo!
- Uh… O Joe e a Meg beijaram-se… No corredor… Eu vi! Uh… - Estou a ver que ele está a achar isto muito divertido!
- Nick, deixa-me falar com o teu irmão! Importas-te de sair da sala?
Faz um ar de chateado, mas percebe-se que se quer rir.
- Eu vou, mas só porque vou ter com a Filipa, senão não ia! Isto é demais, o meu maninho apaixonado, oh! Que fofo! – Diz enquanto passa a mão no meu cabelo.
Ia levantar-me para lhe dar alguma luta também, mas a mãe não deixou. Esperou que o Nick fosse embora e continuou:
- Vocês namoram Joe?
- Não. Ainda não.
- Então porque se beijaram filho?
- Foi uma coisa do momento, aconteceu! Vi-a ali á minha frente e… - Sinto-me a corar em frente á minha mãe, que coisa mais parva – Não resisti!
- Oh, não tens de estar assim por me estares a contar isto! Tu gostas mesmo dela, não gostas?
Aceno com a cabeça.
- E ela? Gosta de ti?
- Ela diz que sim. Mas que quer pensar primeiro, ir com calma. Mas não sei se vamos chegar a namorar.
- Claro que vão filho! Vocês gostam um do outro, dá-lhe um pouco de tempo. Espaço, entendes? E vais ver que não tarda nada estás com ela!
Sorrio, e agradeço o conselho, até faz bem conversar com a mãe de vez em quando!

PDV Megan
Ok, já não me sinto tão confusa como antes. Agora sei o que sinto mesmo pelo Joe, mas… Será que é o mais correcto? Será que ele é a pessoa certa para mim? Sinto que sim, sinto mesmo. Mas há uma coisa que me vem sempre á memória, uma coisa que não me deixa… Namorar com ele. O Jake, aquele… Porco, não me deixa pensar direito, odeio-o! Mesmo preso e longe de mim não me deixa ser feliz! É estranho sentir isto pelo Joe, antes não gostava nada dele, nada mesmo, e agora… A vida dá tantas voltas, e a minha deu uma enorme!
Já é de noite, estou na cama, estou a pensar um pouco. Ia para o meu sítio, para o jardim, que me ajuda imenso a pensar mas estou tão cansada… O quarto do Joe é mesmo ao lado do meu, sei que ele está acordado porque já ouvi barulho vindo de lá. Tenho tanta vontade de ir lá, de o abraçar, não sei. É estranho! Levanto-me da cama e saio do quarto. Deparo comigo em frente ao quarto do Joe. Será que devia fazer isto? Bato á porta. Megan, o que estás a fazer? Vai deitar-te, é o melhor que tens a fazer. Como ninguém responde, é o que faço, dirijo-me ao meu quarto, mas ouço um “Entre”. Paro. Respiro fundo. Megan, já vieste até aqui agora vais entrar. Porque é que estás tão nervosa? Não sejas parva! Entro, o Joe está sentado na cadeira em frente ao portátil, olha para mim e sorri:
- Meg! O que estás aqui a fazer?
- Ah… Vim ver como estavas! – Meg, és tão parva, pareces uma criança.
Vejo que ele acha estranho, mas responde:
- Eu estou bem! E tu? Também estás?
- Sim! – Olho em volta, o quarto dele está mais arrumado! Parece que anda mais atinadinho!
Olha para mim, como que a analisar-me, a tentar perceber o que estou a sentir.
- Não vieste aqui só para isso, pois não?
Como é que ele percebeu? Sou assim tão óbvia?
- Ah… Sim, foi só para isso! Porque disseste isso Joe?
- Pareceu que querias algo mais. Queres conversar?
Olho para o relógio e digo:
- Oh, já é tarde. Mas fica para a próxima. Pode ser?
Vou para a beira da porta mas percebo que ele ficou triste. Oh, foi para isto que vieste aqui sua parva? Para o pores triste? Vou á beira dele, abraço-o e de seguida beijo-o, um beijo suave, muito suave, só mesmo para sentir os seus lábios mais uma vez e dirijo-me á porta de novo.
- Boa noite Joe!
Olho para ele, está com um sorriso enorme nos lábios! Parece que finalmente fiz algo de jeito!
- Boa noite Megan!

Espero que gostem Smile

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 24, 2010 9:12 pm

Oh está tão fofinho, o Joe é mesmoo querido Smile*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 24, 2010 9:31 pm

Joane Jonas escreveu:
Oh está tão fofinho, o Joe é mesmoo querido Smile*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Seg Maio 24, 2010 10:24 pm

Rita Liane escreveu:
Joane Jonas escreveu:
Oh está tão fofinho, o Joe é mesmoo querido Smile*



Rita sabes bem como nós adora-mos esta fic *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 26, 2010 12:33 am

Rita Liane escreveu:
Joane Jonas escreveu:
Oh está tão fofinho, o Joe é mesmoo querido Smile*


e tu escreves taooooooooooooooooooooo bem *_*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Maio 26, 2010 3:57 pm

Capitulo 25

*Dias depois*
Estou no meu local preferido da casa. No jardim, no banco! Não tenho sono, resolvi vir para aqui, é melhor estar aqui do que no quarto a olhar para o tecto! Não vejo luz no quarto do Joe, por isso já deve estar a dormir, hoje não vou ter companhia. Mal penso isto sinto uma mão no meu ombro e a dizer:
- Boa noite!
- Boa noite! – Digo surpreendida, pensei que ele já estivesse a dormir.
Senta-se á minha beira.
- Vi logo que estavas aqui. Posso fazer-te companhia?
- Já te sentaste Joe – Sorrio – Mas nem era preciso perguntares!
Estava com as pernas estendidas no banco, mas como se sentou tive de as tirar. Ele pega nas minhas pernas e coloca-as por cima das dele!
- Não quero que fiques desconfortável por minha causa. – Pisca-me o olho.
Ficamos assim os dois, a olhar para nada. Gosto destes momentos com ele, porque não é preciso dizermos nada, o silêncio e os olhares dizem tudo! Num desses olhares ele aproxima-se mais de mim e beija-me. Continuamos sem dizer nada, mesmo depois do beijo. Sinto-me tão bem, ele é tão querido, acho que estou mesmo, mesmo apaixonada por ele! Desta vez aproximo-me eu dele e beijo-o, não consigo resistir, tive de o fazer! Depois do beijo ele diz:
- Meg, estás feliz?
Hum, pergunta difícil, mas…
- Sim Joe, estou feliz! Muito! – Faço um sorriso tímido.
- Não sabes como fico feliz por ouvir isso! – Levanta-se e põe-se á minha frente, de joelhos – Megan, queres namorar comigo?
Olha para mim com a maior das expectativas! O que respondo? Não me deixa responder e continua:
- Oh, foi má ideia, não foi? Desculpa, desculpa. Ainda deve ser muito cedo…
Coloco um dedo nos seus lábios, suavemente.
- Joe, deixas-me falar? Tens a certeza que é isto que queres? Não sou uma pessoa fácil, tu sabes.
Ajuda-me a levantar do banco, ficamos assim, muito juntos, põe-me uma madeixa de cabelo atrás da orelha e beija-me. Um beijo tão apaixonado, tão romântico, ali debaixo das estrelas, estrelas que têm sido testemunhas de tantas coisas entre mim e ele. Para o beijo e diz:
- Isto responde á tua pergunta?
Faço o sorriso mais parvo possível e digo:
- Bem… Nesse caso a minha resposta é sim! Quero namorar contigo Joe!
Ele aproxima-se de novo para me beijar, mas desta vez coloco uma mão no seu peito para impedir.
- Mas… Tenho duas condições Joe…
- Diz lá…
- A primeira é que de vez em quando, só de vez em quando, gostava de te chamar Joseph! Sim?
Faz uma cara de quem não achou muita piada ao que disse.
- Vá lá Joe. Gosto tanto, é tão… Fofinho, tão carinhoso.
Revira os olhos e diz:
- Pronto, está bem, mas só de vez em quando! Muito poucas vezes! E a outra condição?
Sorrio, mas desta vez um sorriso mais sério. Ok, como é possível alguém fazer um sorriso sério? Mas pronto!
- A outra condição é… - Como é que eu vou dizer isto – Pronto, não me magoes Joe, não me faças sofrer. A condição é fazeres-me feliz, é isso.
- Megan, olha para mim, eu nunca, NUNCA, te vou fazer sofrer, e prometo que te vou fazer feliz! Confia em mim.
- Sim. Eu confio Joe, senão não tinha aceitado namorar contigo!
Beija-me mais uma vez e sentamo-nos de novo no banco, como estávamos antes, eu com as minhas pernas por cima das dele. Ficamos mais um pouco sem falar, então, ele interrompe o silêncio.
- Amo-te Megan!
Sinto-me corar de novo, sou tão parva!
- Também te amo Joseph!
Parece não se importar que o chame assim já! Acabamos por adormecer ali, juntos e com as mãos dadas!

*No dia a seguir*
Acordo bem cedo, á beira do Joe ainda! Acordo-o também para irmos para dentro. Tomo banho e vou preparar o pequeno-almoço para toda a gente. Quando já estão todos a almoçar o Joe diz:
- Megan, senta-te connosco.
Ah? Porquê? Nunca fiz isso não é agora que namoro com ele, que vou fazer. Acho estranho, sempre fui a empregada. Não sei, que confuso! A Denise olha para mim e diz:
- Sim! Boa ideia. Está na hora de passares a comer connosco querida! Fazes parte da família.
Não! Não me digas que o Joe já contou. Olho com um ar estranho para a Denise.
- Já te disse que é como se fosses minha filha. Senta-te!
Olham todos para mim a sorrir. Parece que aprovam. Bem, tudo bem, mas continuo a achar estranho. Como com eles, enquanto comemos ninguém fala mas o Joe faz questão de interromper o silêncio.
- Bem, eu queria contar-vos uma coisa, uma coisa importante! – Olha para mim e sorri.
Que vergonha, ele vai mesmo contar? Sinto-me corar tanto que a minha cara arde. Para disfarçar olho para baixo, nem olho para ninguém. O Joe continua.
- Eu e a Megan… Hum… Namoramos! Falo por mim quando digo que estou muito feliz e que espero que nos apoiem!
Agora olho, discretamente, para toda a gente, parecem estar todos a sorrir!
- Bem, já estava na hora, não era maninho? – Diz o Nick, sempre a armar-se em engraçadinho.
- Oh Joe, estou tão contente por vocês! Desde inicio que achei que foram feitos um para o outro! – Diz a Denise levantando-se, abraçando-o e abraçando-me de seguida! Diz-me ao ouvido, baixinho:
- Vais ver que ele te vai fazer muito feliz querida!
Só consigo sorrir! Estou tão parva com isto, nunca pensei que o Joe fosse contar logo no dia a seguir, mas estou tão feliz! O Kevin disse que viu logo que mais cedo ou mais tarde isto ia acontecer! Ok, éramos assim tão óbvios? Nunca pensei que se notasse tanto.
- Bem, agora para oficializar a vossa relação aqui á nossa frente, têm de dar um beijo, não é mãe?
Olho para o Nick com cara de má. Mas o que ele quer? Envergonhar-me ainda mais? Parece não se importar, ainda se ri mais. A Denise olha para nós com os olhos a brilhar, a sorrir. O Sr. Paul também sorri, agora estou mesmo com vergonha, nem pareço eu, que parva! O Joe vem ter comigo, põe as mãos na minha cintura, muito suavemente e diz baixinho:
- Vamos colaborar com eles, sim?
Sorrio e ele beija-me, mas não é um beijo simples, ele beija-me mesmo, com aquela paixão de ontem, mesmo em frente aos pais, aos irmãos, e o Frankie, coitado, deve estar sem perceber nada. Depois disto e de estarmos a conversar já com tudo arrumado o Frankie finalmente fala:
- Oh, eu pensei que vocês já namoravam! Pelo menos dava para ver que gostavam um do outro! Oh, não é surpresa nenhuma! Oh! Pensei que tinhas outra coisa para dizer Joe!
- O quê Frankie?
- Que ias casar com a Meg!
Ok, será que hoje os Jonas todos tiraram o dia para me deixarem assim envergonhada? Eh pá! O Joe fica um bocado atrapalhado, mas acaba por responder:
- Hum… Ainda é cedo para isso maninho, mas quem sabe um dia!
O Frankie, já a sorrir pergunta:
- Tu queres casar com a Megan?
Desta vez tento ouvir a resposta do Joe mesmo com atenção. Demora a responder, mas diz:
- Sim! Quero muito casar com ela! – Diz isto a olhar para mim, como se aquela resposta fosse só para mim, para mais ninguém!
- Ainda bem! Porque gosto muito da Meg e gostava que casasses com ela!
Diz isto e dá-me um beijinho na cara. Que querido! Nunca pensei que fossem gostar assim tanto de mim e da ideia de eu namorar com o Joe! E o Joe… Ele quer casar comigo? Não acredito! Ouvi bem?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Maio 27, 2010 8:40 pm

Está mesmo giro, eles são perfeitos um para o outro Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Maio 27, 2010 9:39 pm

Joane Jonas escreveu:
Está mesmo giro, eles são perfeitos um para o outro Smile

desclpa n ser grand mas hj n da pa mais
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Rita Liane
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1819
Idade : 21
Localização : Nicklândia
Emprego/lazer : mexer naqueles caracois lindos
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jerry Jonas
Data de inscrição : 15/08/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Maio 27, 2010 10:28 pm

eles tão fofinhos um para o outro!
o Joe atrapalhado é mesmo querido *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/ritaliane
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Jun 02, 2010 4:57 pm

*afffff*
Finalmente!!!
lalala... eles namoram!!! yeyhhhhhhh!!
Foi tão fofo assim à luz da lua e das estrelas. *suspiro*

"- Bem, agora para oficializar a vossa relação aqui á nossa frente, têm de dar um beijo, não é mãe?"
Nick, és o meu herói!!! xD
God, e o Frankie é bem apressadinho, já quer casamento e tudo!lool

Gosto tanto desta fic!!
Agora resta saber quando é que o Joe a pede em casamento! ^^
ahah... continua!!
bjinhoo***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Jun 02, 2010 5:11 pm

Capitulo 26

Amanhã o Joe e os irmãos vão voltar aos concertos por isso ele convidou-me para sair. Jantamos e agora estamos simplesmente a passear por um jardim! Durante a conversa o Joe pergunta:
- Amor, tens a certeza que não queres vir comigo?
- Oh Joe, eu gostava de ir, a sério que sim, mas não dá, desta vez não, mas para a próxima pensamos nisso, pode ser?
Fica triste mas responde.
- Pode ser, mas vou ter muitas saudades tuas! – Passa a mão na minha cara.
- Também vou ter saudades tuas Joe, tu sabes!
Ele sorri, andamos mais um pouco. Passado um bocado ele senta-se na relva e faz-me sinal para me sentar a seu lado, é o que faço. Depois de me beijar, sorri e diz:
- Fiz uma coisa para ti amor!
- A sério? O quê? – Olho para as mãos dele á espera que me dê algo. Mas em vez disso começa a cantar:

If time were still, the sun would never, never find us, we could light up the sky tonight, if I could see the world through your eyes, leave it all behind. If it's you and me forever, if it's you and me right now that'd be alright, be alright. If we chase stars to loose our shadow, Peter Pan and Wendy turned out fine, so won't you fly with me. Gonna fly with me now! Now the past as come alive and give it meaning and a reason, to give all I can, to believe once again. If it's you and me forever, if it's you and me right now, that'd be alright, be alright. If we chase stars to loose our shadow Peter Pan and Wendy turned out fine. So won't you fly with me. Maybe you were just afraid, knowing you were miles away from the place where you needed to be and that's right here with me! If it's you and me forever, you and me right now, that'd be alright. If we chase stars to lose our shadow Peter Pan and Wendy turned out fine, so won't you fly with me. If it's you and me forever, if it's you and me right now, I'd be alright, be alright. If we chase stars to loose our shadow Peter Pan and Wendy turned out fine. So won't you fly, fly, fly with me!

Quando acaba estou a chorar! Que lindo, que coisa mais fofa que ele acabou de cantar. Limpa-me as lágrimas que caiem do meu rosto.
- Oh, estás a chorar? Não gostaste?
- Eu… Amei Joe, a sério! Nunca ouvi nada mais lindo, juro! Escreveste isto para mim? Mas quando?
- Escrevi só para ti! Fui escrevendo – Agarra-me a mão – Lembraste daquele dia que foste ao meu quarto e eu estava no computador? Bem, foi aí que comecei a escrever!
- Oh Joe, não sei como agradecer isto, não sei mesmo! Amei, obrigado!
Beijo-o e dou-lhe um abraço. Um abraço tão forte que começo a chorar de novo. Sei que sou uma parva por estar a chorar, mas… Vou sentir a falta deste abraço, deste toque, dos beijos, do seu cheiro! E ele escreveu uma música para mim? Para mim? Ainda não estou em mim. Ele interrompe o abraço, volta a limpar as lágrimas da minha cara.
- Oh Meg, o que se passa? Porque estás a chorar?
- Nada, são coisas parvas! – Digo limpando mais lágrimas que teimaram em cair!
- Não, diz-me, por favor. Não gosto de te ver chorar.
Olho-o nos olhos e vejo os olhos dele a brilhar, como se estivesse prestes a chorar também, não o quero ver chorar por minha causa.
- É só que… Vou sentir a tua falta Joe. Sei que podia ir contigo, mas para já é melhor não. Mas… Custa-me, eu amo-te mesmo, tens sido tão querido para mim, nunca tinham feito o que tu estás a fazer por mim!
- Não agradeças. Faço isto tudo porque te amo Megan, tu sabes! Também vou sentir a tua falta, mas sabes que estou sempre contigo, não sabes? I’m right here!
Sorrio, faz-me tão bem estar com ele!
- Sabes – Diz agarrando a minha mão – Esta música vai entrar no nosso novo CD! Vai ser o meu irmão a cantar, mas já sabes que é para ti! Só para ti!
- Vai entrar no CD uma música para mim? Oh Joe, não mereço! Eu…
Põe um dedo nos meus lábios.
- Shhhh… Mereces sim amor, mereces isto e muito mais!
Nunca pensei que uma coisa destas me fosse acontecer. Meu deus! Tenho o melhor namorado do mundo!

*No dia a seguir*
- Joe, por favor, tem cuidado contigo sim?
Sorri e dirige-se ao carro porque os irmãos já o estão a chamar á algum tempo.
- Não te preocupes! Vê se tomas conta de ti também! - Beija-me.
- Joe… Anda lá, já vamos chegar atrasados. Deixa-te de coisas. Namoras daqui a duas semanas. – Diz o Kevin.
- Vai lá, não te quero atrasar! – Beijo-o – Amo-te Joseph!
- Também te amo Megan!
Vejo-os ir embora e entro em casa, estou de lágrimas nos olhos. Não Megan, não vais chorar, vá lá, são só duas semanas. A Filipa, que ficou lá dentro, puxa-me pelo braço e leva-me para o meu quarto:
- Ok, agora vais-me contar tudo, não vais?
- O quê Filipa?
- O quê? Tu namoras com o Joe e não me contaste NADA?
- Oh, desculpa amiga, desculpa. A sério, só namoramos á 3 dias, mais ou menos, nem tive tempo, desculpa. Não foi por mal, mas… Fiquei tão feliz que não me veio mais nada á cabeça! Desculpas? – Faço beicinho.
- Oh… - Sorri – Estás mesmo feliz, não estás?
Aceno com a cabeça:
- Desculpa se não te contei, mas o Joe disse que iam para os concertos de novo, queria aproveitar ao máximo. Desculpa.
- Hum… Querias aproveitar! Está bem, está! Pronto, tudo bem. Mas para a próxima conta-me tudo. Ia tendo um ataque quando vos vi ali aos beijos, todos queridos um com o outro. Não sabia de nada. Mas fiquei tão feliz. Finalmente vais conseguir ser feliz amiga, tenho a certeza!
- Sim! Também acho que sim. E não te preocupes que a partir de agora vais ser a primeira a saber de tudo!
- Acho bem! Acho mesmo…
Ficamos a conversar mais um pouco, depois ela foi embora e fui fazer o jantar. Quando estava a tirar as coisas do frigorífico a Denise entra na cozinha.
- O que estás a fazer Megan?
- A fazer o jantar!
- Oh querida, não tens de fazer isso.
- Tenho sim Denise! Não é só porque namoro com o Joe que vou ter tratamento especial. Sou empregada aqui, sempre fui, quero continuar a ser, eu gosto. Por favor, deixe-me continuar a trabalhar, ajuda-me, distrai-me. Preciso de me distrair, principalmente agora que o Joe está fora.
Suspira, olha para mim com cara de quem não concorda, mas sorri e diz:
- Está bem querida, mas só se eu poder ajudar! Pode ser?
- Claro que sim!
Ajuda-me a fazer o jantar e a fazer tudo o resto! É uma querida, mas prefiro mesmo continuar a ser empregada aqui, não quero ser tratada de maneira diferente só porque namoro com o Joe.
Antes de dormir recebo uma mensagem no telemóvel, é do Joe! Diz assim “Dorme bem meu amor! Sinto a tua falta. I love you! So won’t you fly with me?” Que querido! Respondo a dizer praticamente o mesmo, mas com um extra, disse “I’ll fly with you Joseph!” Pode parecer parvo, mas senti que devia dizer isso!

Bem, este é um dos capitulos mais parvos que escrevi, mas pronto..looool OBRIGADA a todas que comentaram!! *-*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
C'
LA baby
LA baby


Feminino Número de Mensagens : 2047
Idade : 25
Localização : Aveiro
Emprego/lazer : Basket!
Jonas Brothers Preferido :
Data de inscrição : 27/02/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qua Jun 02, 2010 6:26 pm

ahhh pahhh...
Eles são mesmo fofos!!! *.*
pois, a Meg queria tanto aproveitar que até se esqueceu da amiga... Safada! xD
E depois, nora e sagrinha na cozinha, que quadro fofo, pena que o Joe não estava lá para ver...
[esta foi só para insistir na ideia do pedido em casamento! xD]

Bjinhoo***
Continua... =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bnobodybutyourself.tumblr.com/
Joane Jonas
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1773
Idade : 21
Localização : Dreamworld
Emprego/lazer : Ver skins com o Joe
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas
Data de inscrição : 07/11/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Jun 03, 2010 12:31 pm

eles são mesmo fofinhos, adoro ADORO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pipa*Jonas*
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 2592
Idade : 23
Localização : Porto
Emprego/lazer : Facultis ahah / Pensar nos Jonas
Jonas Brothers Preferido : São os meus meninos
Data de inscrição : 13/04/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Qui Jun 03, 2010 4:47 pm

C' escreveu:
ahhh pahhh...
Eles são mesmo fofos!!! *.*
pois, a Meg queria tanto aproveitar que até se esqueceu da amiga... Safada! xD
E depois, nora e sagrinha na cozinha, que quadro fofo, pena que o Joe não estava lá para ver...
[esta foi só para insistir na ideia do pedido em casamento! xD]

Bjinhoo***
Continua... =)

haha adorei este comentario! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tudoemaisalgumacoisa-pipa.blogspot.com
Alexandraa'
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1802
Idade : 23
Localização : Santa Eulália City :P
Emprego/lazer : Estudante | Jonas
Jonas Brothers Preferido : Nick. O meu ídolo *-*
Data de inscrição : 25/03/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Jun 08, 2010 1:15 am

Está tudo tão lindo, perfeito, maginifico.

Adoro tudo, a maneira de ser do Joe é tão awww Smile

Continua por favor .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alexandra-whoiam.blogspost.com
Neiazitah
administradora
administradora


Feminino Número de Mensagens : 971
Idade : 28
Localização : Where you are is where I wanna be...
Emprego/lazer : Pois...
Jonas Brothers Preferido : Todos são especiais para mim!!Mas o Joe mexe muito comigo!!!!
Data de inscrição : 09/09/2009

MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Ter Jun 08, 2010 2:21 pm

Capitulo 27

*Semanas depois*
Eles já voltaram á alguns dias. Já deu para matar as saudades, mas aqui em casa não dá muito para ficarmos sozinhos por isso o Joe convidou-me para sair. Pedi-lhe para ir ao shopping comigo porque preciso de comprar umas coisas. É onde estamos agora, no shopping. Podemos estar á vontade porque é terça-feira e não anda quase ninguém aqui!
- Vou á casa de banho, ficas aqui?
- Sim Joe, vou ficar por aqui a ver as montras!
Vai então á casa de banho e tal como disse fico a ver as montras. Passados apenas uns segundos sinto alguém agarrar-me o braço. Não penso que seja o Joe porque me agarram com muita força. Olho para trás, é o Jake. O meu corpo paralisa por completo, não me consigo mexer, só sei que ele me está a magoar muito.
- Ora, ora! O que fazes aqui? Ainda por cima sozinha?
Agora, ao ouvir a voz dele de novo começo a tremer, sinto medo, mas ainda consigo dizer:
- Larga-me Jake, larga-me e vai-te embora.
Aperta ainda mais o meu braço, está mesmo a magoar-me.
- Hum… Depois de tanto tempo longe de ti não me parece que vá já embora…
- Não estavas preso Jake? Larga-me, estás a magoar-me.
Tento libertar-me da mão dele mas não consigo, ele tem mais força que eu, agarra-me agora com as duas mãos.
- Sim, estava preso. Mas sabes como é, estas coisas nunca dão muito tempo na prisão. Não cheguei a fazer o que queria querida!
Aproxima-se mais de mim e cheira-me o pescoço, sinto-me cada vez pior, estou com tanto medo que ele me leve outra vez, e o Joe que nunca mais se despacha!
- Sabes, já sentia saudades deste cheiro, cheiras tão bem Meg!
- Jake… Por favor… - Digo com a voz a tremer – Vai-te embora.
Ri-se, como se isto tudo o estivesse a divertir, como se tivesse piada.
- Achas que me vou embora assim? Já disse, estava com saudades tuas meu amor!
- Não me chames isso… Não sou o teu amor… - Tento libertar-me de novo o que faz com que se irrite mais. Leva-me para um sítio mais escondido do shopping e encosta-me á parede.
- Megan, vais parar quieta, não vais? Não estou para brincadeiras.
Agora lágrimas caem-me no rosto, não aguentei, não queria chorar á frente dele, não queria mostrar que sou fraca, mas caíram de livre vontade.
- Oh, não chores querida, vá lá. Tu gostas de mim, tu sabes que sim! – Limpa-me as lágrimas e beija-me. Beijo ao qual não respondo. Sinto nojo dele.
- Jake, larga-me. Eu odeio-te, ouviste? Odeio-te. Desaparece da minha frente. – Tento libertar-me mais uma vez, mas encosta-me ainda com mais força á parede e tenta beijar-me de novo. Desta vez não aguento e dou-lhe um pontapé numa perna, que parece ser suficiente para ele me largar por isso fujo. Mas não adianta volta a apanhar-me, agarra-me no braço de novo, põe a mão livre na minha cara, magoa-me muito na cara porque a aperta um pouco, olha-me nos olhos com aquela raiva que já conheço.
- Até agora fui muito paciente contigo Megan, mas já chega. Vens comigo e ai de ti que berres ou faças algo que te venhas a arrepender!
Começa a empurrar-me á frente dele, agora choro mesmo, não quero ir, não quero. Luto o mais que posso para não ir com ele. Se for com ele não vou aguentar, eu sei que vai ser o meu fim, não pode ser, não pode. Quando já estava a perder as esperanças alguém empurra o Jake fazendo com que ele caia ao chão e como ele me estava a agarrar acabo por cair também. Olho para cima é o Joe. Ainda estou a tremer mas respiro de alívio. O Joe ajuda-me a levantar e pergunta:
- Amor, estás bem? – Choro ainda mais – Oh, não estejas assim, vá lá. Já estou aqui, ele não te vai fazer mal, prometo! – Limpa-me as lágrimas e faz-me uma festa na cara.
O Jake levanta-se e diz:
- Oh! Vocês namoram? OH! Que queridos! – Olha para o Joe – Parece que a conquistaste com aquilo do príncipe salvar a donzela em perigo! – Olha para mim de novo – Tu sabes que ele vai acabar por ser igual a mim, não sabes querida? Os homens são todos iguais, também sabes disso não é?
- Cala-te Jake… Cala-te… - Diz o Joe já sem paciência, agarro na mão dele, para tentar, assim, dizer-lhe que está tudo bem, para não ligar a nada do que ele diz.
O Jake não liga ao que o Joe diz e continua a falar para mim.
- Sabes que o que ele quer de ti é sexo, não sabes? Não te deixes enganar. Pelo menos comigo já sabes com o que contas, não apanhas desilusões.
O Joe desta vez não aguenta, agarra o Jake pela camisola, aproxima-se muito dele, nunca tinha visto o Joe assim tão irritado.
- Voltas a falar para ela, a aproximar-te dela, a magoá-la e a dizer essas mentiras outra vez não respondo por mim, ouviste?
- Estás a ver como ele é Meg? Igualzinho a mim!
Ainda a agarra-lo pela camisola o Joe dá-lhe dois abanões para o Jake olhar para ele e continua:
- Estás a ouvir? Não te aproximes mais dela. Eu não sou igual a ti, e nunca vou ser igual a ti, eu amo-a mesmo, não era capaz de fazer nada do que tu lhe fizeste. Agora desaparece daqui. Desaparece.
Larga-o e ele vai embora, mas antes ainda tem a lata de dizer:
- Amo-te Megan, não te esqueças disso!
Agora sim, sinto ainda mais nojo dele. Odeio o Jake, odeio, odeio, odeio, odeio! O Joe abraça-me e diz:
- Amor, desculpa ter-te deixado sozinha tanto tempo. Desculpa.
- Joe, não tiveste culpa, não ias adivinhar. Não te preocupes.
- Ele magoou-te Meg? Diz-me a verdade, por favor.
Mostro-lhe o braço que está bastante vermelho no sítio onde ele o agarrou. Mas digo:
- Não te preocupes com isto, comparado com o que ele já me fez não é nada!
Põe a mão no meu braço.
- Não é nada? Como dizes isso Megan? Ele magoou-te, muito ou pouco, magoou-te.
Abraça-me de novo, sabe tão bem este abraço, ia a falar, mas ele fala primeiro e parece que lê os meus pensamentos.
- Vamos para casa?
Aceno com a cabeça. Já é tarde, preciso de descansar. Mal chegamos a casa vou logo para o meu quarto, não me apetece falar com ninguém agora. Arranjo-me para ir dormir, ainda antes de me deitar batem á porta e entram, é o Joe, e vem com uma caneca de chocolate quente, que querido!
- Toma, trouxe-te isto para acalmares, sei que te acalma!
- Obrigado Joe! – Sorrio – Estava a precisar…
- Meg… Sabes que o que ele disse é mentira, não sabes? Eu não sou como ele.
- Joe, não te preocupes, não liguei ao que ele disse, sei que és diferente. Confio em ti! O que me afectou foi o facto de ele ter aparecido de repente. Saber que já não está preso.
- Não te preocupes que ele não volta a aparecer Meg, vais ver!
- Espero que tenhas razão, espero mesmo!
Acabo o chocolate quente e dirijo-me á porta para ir levar a caneca á cozinha. Mas impede-me.
- Não, deixa estar. Venho já.
Passados uns 5 minutos volta a aparecer, mas já preparado para dormir também. Estou sentada na cama o Joe aproxima-se de mim e diz:
- Bem, vou dormir. Boa noite Meg! – Beija-me.
- Boa noite Joe!
Vejo-o dirigir-se para a porta, mas… Não quero ficar sozinha, quero que me fique a fazer companhia, mas será que faz isso?
- Amor…
Olha para trás, já com a mão na porta.
- Diz…
- Fica comigo… Por favor, não quero ficar sozinha. Não precisas de ficar a noite toda, só até adormecer.
Sorri, ajuda-me a deitar e deita-se também, por cima dos cobertores, para o caso da Denise entrar, e também porque… Para já não quero. Não está frio, pelo menos, estamos quase no verão.
- Obrigado Joe! És um querido!
- Já disse para não agradeceres, tudo o que faço é apenas porque te amo!
Sorrio e digo:
- Amo-te Joe!
- Também te amo Megan!
Faz-me festas no cabelo, já me sinto melhor, e acabo por adormecer!

Espero que gostem e MUITO OBRIGADA pelos comentarios!!!Sao umas queridas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/Neiazitah
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: One day at a time...[Capitulo 30]   Hoje à(s) 3:14 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
One day at a time...[Capitulo 30]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Remember The Time - Momentos marcantes na vida de um Rei
» Diários de um vampiro,Onde tudo pode Acontecer! (Ultimo Capitulo Postado!!!)
» Time Of Our Live & What Makes You Beautiful - Big Time Rush/One Direction Mash-Up
» O Sedutor - 2º Capitulo ON
» Unisonic

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa :: Multimédia :: FanFics-
Ir para: