Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa
Bem-vindo!
Junta-te a nós ou faz o teu login!



 
InícioPortalFAQRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Perguntas sem resposta {One-shot}

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
rachelgomes;
make it right
make it right


Feminino Número de Mensagens : 3169
Idade : 21
Localização : new york
Emprego/lazer : nick's dog
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jay
Data de inscrição : 18/10/2008

MensagemAssunto: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 5:13 pm

Desculpem a qualidade, o conteúdo, o tamanho, a shot, tudo.
Não presta, tenho a consciencia disso :/
Só estou a postar porque a moa disse que me matava ._.
Sorry a porcaria que isto está.


Perguntas Sem Resposta




Não sei como começar isto. Não sei que palavras utilizar, que frases citar, que verbos referir, que sentimentos transmitir, de que assunto tratar ou até que personagem utilizar.
Também não sei porque motivo estou a escrever tamanha estupidez. Sinto que me apetece desabafar, mas não encontro as palavras que quero.
Sinto-me perdida entre sentimentos e emoções. Já não me reconheço, não sei o que sou e o que faço aqui. Aliás, já não me controlo. Estou a começar a agir como um animal irracional e por vezes nem me dou conta. Já dou por mim a sorrir e a arrebentar de felicidade, em que nada importa senão os raios de sol que me cegam completamente, a brisa que me refresca, o azul de um dia de céu limpo, o barulho das ondas a arrebentarem e o calor reconfortante de um abraço amigo, mas, mal me recordo da tua existência, tudo se desfaz em cinzas, míseras cinzas, fazendo com que eu sinta dor. A minha felicidade é consumida pela tua chama ardente de destruição. Talvez nem reparas e nem fazes a menor ideia do sofrimento que me causas, mas eu reparo. Cada gesto teu e cada palavra provocam-me uma diferente reacção, o que é estranho, pelo menos para mim.
Porém, a pergunta que mais faço a mim própria diariamente, é “Porquê?”
Acredito que haja uma explicação lógica e coerente para tudo isto, para me sentir assim e para agir desta maneira tão imprevisível. Existe uma palavra óbvia, aliás, bastante óbvia, mas tenho medo de a referir. Talvez por ela ser completamente absurda para este caso e talvez porque seja um tremendo erro utilizá-la.
Mas, pensando bem… que outra palavra usaria para definir isto?
Paranóia? Obsessão? Fruto da minha imaginação?
Na mente de muitas pessoas, estas palavras encaixariam na perfeição, mas na minha, não.
Na minha encaixaria outra palavra, ou melhor, sentimento. É um sentimento que me assusta profundamente, talvez pelo poder que ele tem. É um sentimento forte, capaz de controlar as pessoas, fazendo com que elas hajam irracionalmente. O coração é o principalmente culpado por esse sentimento existir, porém, as pessoas é que o alimentam, fazendo muitas vezes, com que se torne forte demais, até ser impossível de o travar.
Estou a falar do amor. Confesso que a palavra causa-me arrepios, não só pelo meu medo, mas também pelo meu passado nesse campo não ser o mais agradável.
Jurei a mim mesma que nunca mais iria nutrir esse sentimento por alguém, porém, tu chegaste e mudas-te todos os meus planos.
Não sei explicar o que senti quando te visualizei pela primeira vez. Lembro-me de ficar completamente embasbacada pela tua beleza. Perdi-me no teu doce e sincero olhar e fascinei-me pelos teus caracóis castanhos. A tua expressão misteriosa, porém tímida, despertou o meu interesse, o que era raro para mim. Fizeste-me sentir coisas que eu pensava que era impossível sentir, e deste um novo sentido á minha vida. Salvaste-me de tentar cometer uma loucura, tiraste-me do meu poço de depressão, foste um anjo que iluminou a minha vida, e agradeço-te por isso, apesar de não fazeres a menor ideia do que falo.
Mudaste completamente a minha forma de encarar a vida. Antes, eu achava que sabia tudo, eu pensava que a vida não passava de coisas fúteis, que não existia ninguém com o coração minimamente puro, capaz de tentar mudar o mundo. Para mim, a vida limitava-se a dinheiro, sexo, poder e guerra. Na vida, apenas os mais fortes sobreviviam, enquanto que os outros ficariam miseráveis. Eu tinha uma visão bastante obscura da vida. Não via nada de agradável, apenas via os aspectos negativos. Era uma pessoa bastante negativa, o que por vezes se tornava desagradável.
Porém, tu abriste uma nova porta nestas minhas ideias. Vi em ti a esperança e a força de que necessitava. Consegui finalmente tirar estas ideias da minha cabeça, e tornar-me numa pessoa melhor.
Porém, tu tornaste-te em algo mais do que apenas um ídolo. Talvez tenha cometido um erro, mas… decidi amar-te.
É uma estupidez gostar de alguém que não conheço, mas eu própria me considero estranha e estúpida por natureza.
Colidiste com o meu mundo, entraste na minha vida com uma facilidade impressionante, pergunto-me como é que conseguiste tamanha proeza.
És aquele que eu considero diferente, mas no bom sentido. Vejo nos teus olhos força, esperança, generosidade, alegria, vida. Vejo em ti algo que nunca tinha visto em ninguém.
Mostraste-me aquilo que eu não conseguia encontrar, aquilo que eu procurava á muito, muito tempo. Graças a ti, sei que posso ser feliz.
Mas… como tudo, existe um senão.
É inevitável não me ir baixo por causa de ti. Quero mostrar que sou forte e que aguento tudo, mas eu tenho consciência que sou tudo menos forte. Sou uma fraca, que á mínima coisa vou-me abaixo. Gostava de mudar isso, mas não consigo.
Preciso de ti, seja de que maneira for, mas preciso. Apenas tu me dás um pouco da tua força e me faz aguentar certas coisas, e agradeço-te mais uma vez.
Mas admito que isto está-me a “matar”. A cada dia que passa, preciso ainda mais de ti. Tornaste-me na minha droga que tenho que consumir diariamente para conseguir sobreviver. Graças a ti, deixei de amar o típico rapaz da escola, para começar a amar a perfeição inalcançável.
Confesso que a minha vontade, é desistir. Desistir de tudo isto. Por vezes sinto que já não vale a pena continuar a amar alguém tão impossível, mas, quando olho para ti, parece que todas as minhas ideias são apagadas e todos os meus pensamentos são focados unicamente em ti, Nicholas.
Tenho a perfeita noção que mais tarde ou mais cedo, terei que te esquecer, seja de que maneira for, mas terei que te esquecer. Porém, sinto que quando esse dia chegar, um vazio irá percorrer todo o meu corpo, e irei sentir-me estranha, muito estranha, como se a minha alma abandonasse o meu corpo, e eu me tornasse num robô, sem sentimentos nem vida. A ideia arrepia-me, mas acho que deve ser isto o correcto a fazer. Aos poucos, terei de te ignorar, até que sinta que estou apta a viver uma vida perfeitamente normal, sem que tu interfiras nela.
Isto, é o que a minha razão me ordena a fazer. Porém, o meu coração opõe-se a esta ideia, o que faz com que isto se torne numa guerra. Um deles irá ganhar, agora qual, ninguém sabe, apenas o tempo o dirá.
Vês a confusão em que meteste Nicholas? Serás o único capaz de me tirar dela?
Pergunto-me se saberás responder ás minhas perguntas. Creio que pelo menos a metade delas, não.
Não sei mais o que dizer, tenho tantas mas tantas questões para te colocar e tanta coisa para te dizer, que não consigo colocar tudo aqui, nesta mísera folha de papel.
Vou terminar isto com a minha maior dúvida, que se tem mantido desde á um bom tempo.
Valerá a pena continuar a amar-te, porém com algo sofrimento dadas as circunstâncias, ou ignorar-te e com o tempo, esquecer-te por completo?


Última edição por RaquelGomez.j em Seg Jul 13, 2009 6:04 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/rachelgomes
moa j.
Administradora principal
Administradora principal


Feminino Número de Mensagens : 5789
Idade : 97
Localização : in your house.
Emprego/lazer : joe's whore.
Jonas Brothers Preferido : joseph.
Data de inscrição : 17/10/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 5:16 pm

ai meu deus raquel.
juro-te que esta deve ser das shot's mais belas que já fizes-te e o sentimento que rodeia cada palavra, o amor transcrito do coração. está lindo, lindo; já bem te disse. tamanho, qualidade? factores sem importância, porque ai descreves emoções fantásticas, sentimento puro. e a música ajuda imenso. gostei muito, já te disse e repito «3
gmmmdt.

_________________
There is a war inside of me
between love and distance
between the river and the sea
between motion and stillness
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.youtube.com/user/moajonas
sally
summer rain
summer rain


Feminino Número de Mensagens : 4610
Idade : 21
Localização : Figueira da Foz
Emprego/lazer : comer meloas & fazer panados
Jonas Brothers Preferido : kevis , o pescador disfarçado 444
Data de inscrição : 19/12/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 5:20 pm

Quel já disse para parares de dizer isso ás coisas que fazer.
este texto está completamente perfeito e como a moa disse acho que foi dos mais belos que já escreves-te.
está lindo e a tua maneira de escrever impresiona-me.

quero mais disto <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rachelgomes;
make it right
make it right


Feminino Número de Mensagens : 3169
Idade : 21
Localização : new york
Emprego/lazer : nick's dog
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jay
Data de inscrição : 18/10/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 6:02 pm

Obrigada meninas :$ (apesar de eu achar o contrário do que disseram)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/rachelgomes
sheprey.
make it right
make it right


Feminino Número de Mensagens : 3483
Idade : 21
Localização : seattle grace.
Emprego/lazer : walking on sunshine.
Jonas Brothers Preferido : everyone!
Data de inscrição : 12/10/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 10:02 pm

eu disse-te que ia sair daí uma coisa maravilhosa, e não me enganei, raquel.
fizeste muito bem em continuar e acabar o que estavas a escrever.
para mim esta é das tuas melhores shots. expressas coerentemente parte do que sentes, apesar de isso te custar. está lindo. o que sentes é verdadeiro e neste texto esclareces tudo. e tu também tens uma escrita fantástica.
parabéns <3 gmmdt.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Inêsj.
invisible
invisible


Feminino Número de Mensagens : 1185
Idade : 21
Localização : Planeta azul
Emprego/lazer : pescar
Jonas Brothers Preferido : Josephii
Data de inscrição : 01/12/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 10:18 pm

wow ta perfeito *.*
amei mesmo...
adoro a tua escrita *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bito1995.hi5.com
rachelgomes;
make it right
make it right


Feminino Número de Mensagens : 3169
Idade : 21
Localização : new york
Emprego/lazer : nick's dog
Jonas Brothers Preferido : Nicholas Jay
Data de inscrição : 18/10/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 11:08 pm

Obrigada a todas :$
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/rachelgomes
Kat.
Jornalista
Jornalista


Feminino Número de Mensagens : 1638
Idade : 21
Localização : earth.
Emprego/lazer : student
Jonas Brothers Preferido : Joseph Adam Jonas .
Data de inscrição : 28/12/2008

MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Seg Jul 13, 2009 11:31 pm

Aww *_________*
Esta Tao Lindo Meu deus *__*
Amo a maneira como escreves <«33
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://catarina4taste.hi5.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Perguntas sem resposta {One-shot}   Hoje à(s) 11:09 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Perguntas sem resposta {One-shot}
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Questões Técnicas e Perguntas Frequentes
» Algumas perguntas basicas sobre teoria e etc...
» Body Language {18} one-shot
» Diário de um MACHO! (Comédia One-Shot) POSTADA!
» Poste aqui Perguntas e respostas FAIL do Yahoo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Jonas Brothers Oficial Street Team Portuguesa :: Multimédia :: FanFics :: One Shot's-
Ir para: